MMA

McGregor reconhece exageros e pede desculpas para "absolutamente ninguém"

Do UOL, em São Paulo

13/11/2016 04h53

Conor McGregor mostrou mais uma vez que é bom dentro do octógono, mas sobretudo provou que é um astro midiático. Logo depois de bater Eddie Alvarez por nocaute neste domingo (13), no UFC 205, em evento histórico realizado em Nova York, surpreendeu o público presente com o que parecia um raro momento de humildade. Era, no entanto, brincadeira do campeão. 

"Olha, eu ridicularizei muita gente desde que cheguei aqui. E, veja, gostaria de pedir perdão para... absolutamente ninguém", disse, ainda na arena, com gritos e risadas exageradas, para o delírio dos presentes no ginásio do Madison Square Garden. 

O irlandês está mais do que em alta. É o primeiro lutador da história do Ultimate a ter dois cinturões ao mesmo tempo - dos penas e, agora, dos leves. E sabe que é importante para a organização: depois do duelo, fez questão de dizer que "deu" à franquia 4,2 bilhões de dólares - valor pelo qual o UFC foi vendido a um grupo chinês. 

Foi a 10ª apresentação do irlandês no UFC e sua nona vitória – a única derrota foi para Nate Diaz, quando se aventurou nos meio-médios. Vale dizer que cobrou revanche contra o norte-americano e vingou o revés, na mesma divisão. Alvarez, que já foi "rei" em outro evento, o Bellator, havia se tornado campeão em julho de 2016. O golpe de McGregor encerrou sequência positiva para o atleta, que vinha de três vitórias consecutivas.

Final perfeito (ao menos na perspectiva do Ultimate, que não para de fazer dinheiro com McGregor) para uma noite histórica ao UFC. O evento realizado em Nova York marcou o fim de uma proibição do estado ao esporte que durou quase duas décadas. E o ginásio do Madison Square Garden lotou para acompanhar a noite de combates.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo