MMA

Jon Jones mostra apoio a Ronda Rousey e pede para que ela siga lutando

Instagram/Reprodução
Jon Jones publicou foto em defesa de Ronda no Instagram Imagem: Instagram/Reprodução

Do Lancepress!

01/01/2017 16h54

Enquanto algumas personalidades do mundo das lutas reservaram energia para provocar Ronda Rousey após mais uma derrota traumática na carreira, outros lutadores optaram por apoiar a americana no momento difícil da carreira no esporte.

Depois de acabar nocauteada por Amanda Nunes em apenas 48 segundos de luta, no UFC 207, que aconteceu na última sexta-feira, em Las Vegas (EUA), Ronda recebeu o apoio de Jon Jones.

O ex-campeão do UFC publicou em sua conta no Instagram uma foto antiga ao lado de Rousey, onde a americana mostra o dedo do meio e ele faz sinal de negativo. Junto a foto, ele escreveu uma publicação:

"Para todos aqueles que amam chutar uma pessoa quando ela está caída", disse.

No Twitter, o lutador foi mais extenso em sua análise sobre a carreira da antiga campeã do peso galo. Para ele, Ronda deveria continuar lutando.

"Meu conselho a Ronda seria se levantar e tentar de novo. Eu acredito que Rousey será campeã pelo resto da vida dela, mesmo se ela nunca vença uma outra luta. Eu acho que é importante para Ronda que ela mostre aos seus fãs o quão grande ela realmente é por mostrar sua coragem e tentando de novo. O que ela fizer depois vai determinar seu legado. Realmente espero que ela escolha continuar. A história dela não tem que terminar aqui. Também acho que ela derrota 90% da divisão. Um mundo de chutes na bunda a serem feitos, muito dinheiro a ser ganho", comentou.

Jones ainda fez uma "consultoria" sobre a preparação da lutadora. Para ele, ao menos a princípio, os métodos de treinamento de Ronda não são um problema - ela foi criticada por conta do técnico Edmond Tarverdyan.

"Parece que o mundo do MMA parece estar contra o técnico de boxe dela. Eu nunca o vi trabalhar, talvez ele não seja o problema. Talvez ela precise complementar o técnico dela com uma família do MMA. Talvez ela deva se juntar a um dos maiores times do MMA", completou.

Jon Jones está suspenso até julho por conta de um flagra no doping ocorrido antes do UFC 200, em julho passado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Blog do Ohata
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo