MMA

Cinco anos após TUF, Mutante esperava estar mais próximo do cinturão do UFC

Bruno Magalhães/UOL
Cezar Mutante conquistou a primeira edição do TUF Brasil na categoria dos médios Imagem: Bruno Magalhães/UOL

Brunno Carvalho

Do UOL, em São Paulo

18/02/2017 06h00

Quando venceu Serginho Moraes e se tornou o primeiro campeão do TUF Brasil, Cezar Mutante foi logo apontado como uma das esperanças do Brasil para o futuro no UFC. Quase cinco anos após o feito, no entanto, a realidade é outra: mesmo vindo de três vitórias, o brasileiro não aparece nem entre os 15 melhores no ranking dos médios da organização.

“Eu esperava estar mais próximo do cinturão”, admite Mutante ao UOL Esporte. “Mas dentro das limitações que tive no passado, estou feliz com os resultados. Foram 10 lutas, com sete vitórias. Um cartel ótimo”.

As “limitações” a qual Mutante se refere são as lesões que o acompanharam em sua caminhada no UFC. O brasileiro conviveu com uma contusão nas costas e chegou a precisar de cirurgia para corrigir o problema.

“Nunca usei nada disso como desculpa, lembro desse fato até como uma superação na minha vida. Olho para trás e vejo quanta coisa passou, que quase desisti. É uma história que vou contar para os meus filhos e estou feliz de viver uma situação diferente hoje, estar saudável”.

Vivendo um novo momento na organização, com três vitórias consecutivas, Mutante retorna ao octógono neste domingo (19), em Halifax, no Canadá. O adversário será o dono da casa Elias Theodorou, campeão do TUF Nações.

“Muito bacana um duelo de campeões. Brinco que hoje estou aqui colocando meu título (do TUF) em jogo. E vou trazer de volta para o Brasil”, diz o brasileiro, que ainda se cobra para ser campeão, mas convivendo bem com a pressão.

“Levo tranquilo. É uma coisa que eu penso todos os dias, acordo e penso: ‘você vai ser campeão, cara’. Não penso no top 15, me importo com o desafiante e o campeão. Vou passo a passo até chegar ao topo”, completou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Blog do Ohata
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo