MMA

Cormier precisa de duas chances, bate peso e disputa título contra Johnson

Do UOL, em São Paulo

07/04/2017 12h12

A disputa de cinturão dos meio-pesados do UFC 210 por pouco não foi para o espaço. Na pesagem nesta sexta-feira (7), o campeão da categoria, Daniel Cormier, não bateu o peso de 93 kg na primeira vez que subiu a balança. De acordo com as novas regras da competição, ele não poderia subir uma segunda vez, mas foi autorizado a fazê-lo e, dois minutos depois, bateu o peso necessário e disputará o título com Anthony Johnson neste sábado (8), em Buffalo (EUA).

Em entrevista após a pesagem, Tony Giardina, diretor-executivo da Comissão Atlética de Nova York, explicou que a regra utilizada foi da entidade, não do UFC. Pelas regras dela, lutadores que se enfrentam pelo cinturão podem ter uma segunda chance na balança.

“A política da Comissão Atlética em lutas por cinturão é permitir que se pesem duas vezes caso falhe na primeira tentativa. Ele veio, pesou 1,3 libras acima e estava liberado para em duas horas voltar à balança. De acordo com a política da Comissão Atlética é liberado. A política é apenas para lutas por cinturão”.

Cormier chegou perto do horário limite para a pesagem e registrou 93,5 kg na balança. Johnson foi logo na sequência e registrou 92,4 kg, que o credenciava para a disputa do cinturão. Com esse cenário, a luta aconteceria, mas apenas Johnson teria a chance de brigar pelo título. Em caso de vitória de Cormier, o cinturão ficaria vago.

Em uma reviravolta inesperada, no entanto, Cormier voltou para a balança pouco tempo depois, pesando 0,6 kg a menos. O norte-americano chegou a causar uma pequena polêmica por parecer segurar a toalha para que ficasse com menos peso. Para a Comissão Atlética de Nova York, porém, o atual campeão não fez tal artimanha.

O UFC 210 está marcado para este sábado. Dois brasileiros estão presentes no card: o meio-médio Thiago Pitbull e o leve Charles do Bronx.

Card Principal

Daniel Cormier (92,9 kg) x Anthony Johnson (92,4 kg)

Chris Weidman (84,2 kg) x Gegard Mousasi (84,2 kg)

Cynthia Calvillo (52,4 kg) x Pearl Gonzalez (52,6 kg)

Thiago Alves (77,3 kg) x Patrick Cote (77,1 kg)

Will Brooks (70,4 kg) x Charles Oliveira (69,3 kg)

Card Preliminar

Myles Jury (65,7 kg) x Mike De La Torre (66,2 kg)

Kamaru Usman (77,2 kg) x Sean Strickland (77,1 kg)

Charles Rosa (65,8 kg) x Shane Burgos (66,2 kg)

Patrick Cummins (93,1 kg) x Jan Blachowicz (92,6 kg)

Gregor Gillespie (70,2 kg) x Andrew Holbrook (70,7 kg)

Josh Emmett (70,5 kg) x Desmond Green (69,9 kg)

Katlyn Chookagian (61,1 kg) vs. Irene Aldana (61,5 kg)

Jenel Lausa (56,6 kg) vs. Magomed Bibulatov (57,1 kg)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Ag. Fight
Blog do Ohata
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Redação
Redação
Redação
Na Grade do MMA
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Redação
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Na Grade do MMA
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Blog do Ohata
Redação
Topo