MMA

Aldo defende provocação no UFC por dinheiro: "xingo até a mãe do cara"

Alexandre Loureiro/UFC/Divulgação
José Aldo tenta recuperar o cinturão unificado do peso-pena no UFC 212 Imagem: Alexandre Loureiro/UFC/Divulgação

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

11/04/2017 18h40

José Aldo não está muito preocupado com os ensinamentos de artes marciais de respeito ao adversário. Segundo o lutador, isso é coisa do passado. Diante da nova realidade do UFC, o importante, na visão do manauara, é provocar o adversário em nome da divulgação da luta e, consequentemente, de um maior faturamento no espetáculo

"Para mim, essa troca de farpa é ótimo. É isso que vende, dá dinheiro. É uma geração nova. Quando eu comecei, eram atletas, tinha filosofia. Agora tem o lutador nutella e o lutador real. É uma palhaçada. Se não se provocar, vai ficar lá atrás. Ranking não serve para nada. O que vende é provocação. E agora gosto mesmo disso. Vim de uma luta onde ganhei muito dinheiro. Hoje em dia gosto disso. Tenho minha honra, meu respeito, o que o professor me ensinou. Mas hoje o que vale é xingar, falar”, revelou o sincero lutador.

Ao lado de seu Max Holloway, seu rival na luta do dia 3 de junho, foi fiel ao discurso e disse que seria capaz até de ofender familiares em nome do espetáculo. "Para mim é ótimo. É isso que faz a luta ser grande. Isso é normal agora. Quando termina a luta, cada um vai para o seu lado. E com dinheiro no bolso. Tem que xingar mesmo, xingo até a mãe do cara, a po... toda”, atacou.

O detentor do cinturão interino do peso-pena concordou com o discurso do rival brasileiro e aproveitou para atacar José Aldo em evento desta terça-feira (11), no Morro da Urca, no Rio de Janeiro.

“Eu concordo. O importante é encher o bolso. Ele já encheu o dele, agora eu vou encher o meu em 3 de junho. Aproveito até para dar esse presente para ele. Ele sempre quis jogar bola depois de lutar, quando for parar, então agora terá uma bola. Fará isso depois de 3 de junho”, provocou o americano.

Pedro Ivo Almeida/UOL
José Aldo levou provocação de Holloway na boa e brincou com a bola Imagem: Pedro Ivo Almeida/UOL

Boxe e mais planos para o futuro

Ainda durante a entrevista coletiva de divulgação do UFC 212, José Aldo comentou o polêmico anúncio recente de aposentadoria e falou sobre os próximos passos na carreira.

“Ali eu acho que não houve um respeito, queria uma revanche, até por tudo que fiz na categoria. Queria tomar outros caminhos na vida, queria fazer outras coisas, me testar em outro esporte, mas não podia pelo contrato. Mas voltei, sou novo e tenho muita coisa pela frente. Penso em desafiar atletas de outros pesos, quero defender o cinturão, fazer super lutas e ir colocando dinheiro no bolso, que é bom. Mas vamos a essa disputa com o Holloway antes. Podem ter certeza que está tudo programado”.

Na cabeça do manauara, uma ideia que cada vez mais ganha força: entrar para o boxe após cumprir sua missão no MMA.

“Lutar boxe passa pela minha cabeça sim. Queria começar do zero, ir para a América [EUA], pegar academia de boxe e fazer luta por luta. Tenho respeito aos boxeadores, à história deles. Queria me testar do início. Tinha esse plano para a carreira, ter esse seguimento e, quem sabe, lutar pelo título mundial. Era minha ideia. Mas ainda tenho mais 5 ou 6 lutas com o UFC, tenho que cumprir. Assim q cumprir, verei se vou ter a mesma habilidade que tenho hoje para realizar esse sonho do boxe”, finalizou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Redação
Redação
Redação
Redação
Topo