MMA

De olho em cinturão, Renan Barão voltará à categoria em que foi campeão

Buda Mendes/Zuffa LLC via Getty Images
Renan Barão durante vitória contra Phillipe Nover: volta ao peso galo Imagem: Buda Mendes/Zuffa LLC via Getty Images

Fábio de Mello Castanho

Do UOL, em São Paulo

26/04/2017 11h11

Ex-campeão do peso galo do UFC, o lutador Renan Barão voltará a sua categoria de origem em busca da reconquista do cinturão. Após duas lutas como pena (até 66 kg), o brasileiro decidiu se condicionar ao peso até 61 kg. A informação, publicada inicialmente pelo Combate, foi confirmada pelo UOL Esporte.

Líder da equipe Nova União, Dedé Pederneiras confirmou à reportagem do UOL Esporte a decisão e explicou que Renan Barão tem conseguido seguir uma dieta que evitará novos problemas nas pesagens. Em 2014, o brasileiro teve problemas de pressão para bater o peso para a revanche contra TJ Dilashaw e teve de ser substituído.

“Ele está treinando com o Jair Lourenço nos Estados Unidos, e lá ele tem conseguido manter a dieta, diferente do que aconteceu nas últimas vezes (nas lutas pelo peso galo), quando ele ia para Natal três meses antes da luta e comia de tudo. Lá nos Estados Unidos ele está treinando bem leve”, disse Dedé Pederneiras.

Com a dieta controlada, Renan Barão planeja não passar mais apuros para conseguir cortar o peso e chegar aos 61 kg na véspera da luta.

O desejo de reconquistar o cinturão também contribuiu para a nova mudança de peso. No galo, Renan Barão vislumbra uma maior chance de voltar às lutas principais, embora ainda não tenha agendado o retorno.

Pelo peso pena, o brasileiro disputou duas lutas, com uma derrota para Jeremy Stephens e uma vitória diante de Phillipe Nover em setembro de 2016.

De volta aos galos, Renan Barão ainda deve esperar para ter a oportunidade de uma luta pelo cinturão. O atual campeão é Cody Garbrandt, que venceu Dominick Cruz em dezembro de 2016. Além dos dois, TJ Dillashaw busca uma nova chance de ser campeão.

Renan Barão ostentou o cinturão do peso pena de forma interina de 2012 a 2014, quando foi promovido a único campeão após diversas lesões de Dominick Cruz. Na sequência, ele perdeu o título para TJ Dillashaw, para quem foi derrotado novamente em sua última luta pelos galos, em 2015.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Redação
Redação
Redação
Na Grade do MMA
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Redação
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Na Grade do MMA
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Blog do Ohata
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Topo