MMA

UFC chega ao ginásio de time da NBA que tem dono "tubarão" e anti-Trump

 J Pat Carter/Getty Images
Mark Cuban comemora com Salah Mejri, do Dallas Mavericks Imagem: J Pat Carter/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

06/05/2017 04h00

O UFC chega no próximo dia 13 ao American Airlines Center, casa do Dallas Mavericks, uma equipe conhecida não apenas por seu desempenho na NBA, mas pelo excêntrico dono. Com uma fortuna estimada em US$ 3,4 bilhões (R$ 10,7 bilhões), Mark Cuban é uma das estrelas do programa “Shark Tank – Negociando com Tubarões” (nome no Brasil).

A atração conta com cinco investidores “tubarões”, que analisam as ideias de negócios e decidem se investem ou não no projeto. Participando desde a edição 2012 da versão norte-americana, Cuban já desembolsou mais de US$ 19 milhões (R$ 60 milhões) ao longo do programa.

Beth Dubber/Sony Pictures Television/ ABC
Imagem: Beth Dubber/Sony Pictures Television/ ABC

Aos 58 anos, Cuban investe sua fortuna bilionária nos mais diversos tipos de negócios. Além do Dallas Mavericks, que comprou no início de 2000, o norte-americano ainda possui ações da Amazon e da Netflix, entre outras companhias.

Um desafeto público de Donald Trump

Durante as eleições presidenciais dos Estados Unidos em 2016, Mark Cuban fez ostensiva campanha contra Donald Trump. O bilionário foi uma das personalidades a compor o “Anti-Trump”, movimento criado por membros e simpatizantes do Partido Republicano que tentava impedir a indicação de Trump como candidato a presidente pela legenda.

Mesmo após a vitória de Trump, Cuban seguiu com as críticas ao agora presidente dos Estados Unidos. O bilionário já chamou o político de “Pinóquio” e “Zoolander”, em referência ao filme estrelado por Ben Stiller, apesar de elogiar a “tradicional e conservadora” política econômica de Trump.

Os dois já chegaram a trocar provocações no Twitter, quando Trump afirmou que Cuban não era “inteligente o suficiente” para concorrer à presidência dos Estados Unidos.

Mar de polêmicas

Jonathan Daniel/Getty Images
Imagem: Jonathan Daniel/Getty Images

As polêmicas envolvendo Mark Cuban não param na política. Na NBA, o bilionário já precisou desembolsar mais de US$ 2 milhões (R$ 6,3 milhões) em multas, a maioria delas por causa de comentários feitos a árbitros e dirigentes da Liga.

Durante a temporada 2005/06 da NBA, Cuban iniciou uma campanha para que os torcedores vaiassem Michael Finley, antigo jogador da equipe, quando ele voltasse a Dallas pelo San Antonio Spurs.

O estilo do magnata já rendeu até um puxão de orelha de Dirk Nowitzki, principal estrela do Dallas Mavericks. Em 2006, o alemão disse que Cuban “precisava aprender a se controlar”.

Stephen Dunn/Getty Images
Imagem: Stephen Dunn/Getty Images

“Todo mundo sabe que o Mark é intenso o tempo todo. Ele nos ama e é excluído do jogo às vezes. Bem, toda vez, na verdade. Ele precisa aprender a se controlar, assim como os jogadores. Não podemos perder a cabeça toda hora, seja dentro ou fora de quadra, e acho que ele precisa aprender isso também”.

Fora das quadras, a principal polêmica envolvendo as declarações de Cuban aconteceu em maio de 2014. Em aspas publicadas pelo “USA Today”, o magnata disse: “Se eu vejo um garoto negro no meu lado da calçada, eu mudo para outro lado”.

A declaração de Cuban foi considerada racista, em especial pelo fato de meses antes o segurança George Zimmerman ter sido inocentado após assassinar o jovem negro Trayvon Martin, de 17 anos. O crime e a sequente absolvição de Zimmerman resultou em uma onda de protestos nos Estados Unidos.

“Não pensei na família de Trayvon Martin, peço desculpas a eles por isso”, afirmou Cuban. Mais tarde, o magnata seguiu se desculpando no Twitter: “Tenho meus defeitos, mas não sou racista”.

O UFC 211 está marcado para o dia 13 de maio, em Dallas, nos Estados Unidos. O evento contará com dois combates valendo cinturão: Stipe Miocic x Junior Cigano e Joanna Jedrzejczyk x Jéssica Andrade.

UFC 211 (Dallas)
13 de maio

Card Principal

Pesados: Stipe Miocic x Junior Cigano
Palha feminino: Joanna Jedrzejczyk x Jéssica Andrade
Meio-médio: Demian Maia x Jorge Masvidal
Penas: Frankie Edgar x Yair Rodríguez
Moscas: Henry Cejudo x Sergio Pettis

Card Preliminar

Leves: Eddie Alvarez x Dustin Poirier
Penas: Chas Skelly x Jason Knight
Médio: Krzysztof Jotko x Dave Branch
Leves: Marco Polo Reyes x James Vick
Palha feminine: Jessica Aguilar x Cortney Casey
Penas: Jared Gordon x Michel Quinones
Pesados: Chase Sherman x Rashad Coulter
Penas: Gabriel Benítez x Enrique Barzola

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Blog do Ohata
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo