MMA

Dana quer conversa para acalmar Anderson Silva: "Não está feliz comigo"

Jeff Zelevansky/Getty Images
Dana White, presidente do UFC Imagem: Jeff Zelevansky/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

11/05/2017 22h20

O presidente do UFC, Dana White, afirmou em entrevista á rádio CBS Sports que quer um encontro "cara a cara" com o brasileiro Anderson Silva para acalmar o lutador, que ameaçou se aposentar se não enfrentasse Yoel Romero pelo cinturão interino dos médios no UFC 212, no Rio de Janeiro. O Ultimate já confirmou que Anderson está fora do evento.

"No fim das contas, apesar de Anderson ter ficado louco no Instagram e ter dito todas essas coisas agora, ele na verdade é um cara muito legal. Ele está nervoso agora, e precisamos nos sentar. Tudo é melhor cara a cara, então provavelmente eu preciso viajar para a Califórnia e sentar para conversar com ele. Em breve, muito breve", disse Dana.

Anderson, 42 anos, enfrentaria Kelvin Gastelum no UFC 212, em 3 de junho, mas o americano caiu no antidoping por substâncias encontradas na maconha, e a luta acabou cancelada. O "Spider", que foi campeão dos pesos médios por sete anos seguidos, exigiu um novo combate, mas não foi atendido pelo UFC.

"Eu tenho que lidar com várias personalidades e egos diferentes, e um monte de coisas diferentes com todos os atletas. Anderson sempre foi um desses caras únicos de se lidar, mas nunca nesse nível. Eu não fiz Kelvin Gastelum testar positivo para maconha e sair da luta, e nós tentamos encontrar outras lutas e outros oponentes para ele", explicou-se o presidente do UFC.

"Você não pode exigir uma luta por cinturão ou ameaçar que vai se aposentar. Especialmente quando você sabe que minha filosofia é: se você mencionar a palavra 'aposentadoria', provavelmente você deve se aposentar. Eu sei que ele não está feliz comigo. Eu e ele precisamos nos sentar e ter uma conversa cara a cara", completou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Topo