MMA

Maia vence pela 7ª vez seguida, e Dana promete luta por cinturão do UFC

Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images
Demian Maia comemora vitória sobre Jorge Masvidal no UFC 211 Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Brunno Carvalho

Do UOL, em Dallas (EUA)

14/05/2017 00h41

Demian Maia está cada vez mais perto de ter sua chance de lutar pelo cinturão dos meio-médios. Neste sábado (13), em Dallas, nos Estados Unidos, o brasileiro derrotou Jorge Masvidal e chegou ao seu sétimo triunfo consecutivo nos meio-médios.

Na última sexta-feira (12), em entrevista depois da pesagem protocolar, Dana White, presidente do UFC, havia dito que Demian Maia “muito provavelmente” seria o próximo desafiante ao cinturão em caso de vitória sobre Masvidal.

Em entrevista ainda no octógono, Maia voltou a pedir uma chance de lutar pelo cinturão. “Dana, sete vitórias seguidas. Quero lutar pelo título”.

Presente nas fileiras próximas ao octógono, Dana White foi filmado e respondeu: “você terá”.

A luta

A primeira tentativa de queda de Demian veio com menos de 30 segundos de luta. Masvidal, no entanto, se mostrou preparado para o que o brasileiro iria apresentar e conseguiu evitar a queda, além de desferir socos e cotoveladas no rosto do brasileiro.

Maia, porém, seguiu tentando e conseguiu mochilar o norte-americano. Nas costas, o brasileiro desferia socos no rosto e nas costelas do adversário, mas tinha dificuldade em achar a posição para a finalização.

No fim do round, no entanto, Masvidal conseguiu se livrar da posição incômoda e colocou Maia no chão. Com o brasileiro de lado, o norte-americano partiu para uma forte sequência de socos, interrompidas pelo soar do gongo.

O segundo round começou com mais uma tentativa sem sucesso de Maia de derrubar o adversário. Masvidal, por sua vez, começou a apostar nos chutes, com dois entrando forte nas pernas do brasileiro.

Mesmo sem conseguir uma queda efetiva, Maia levou o combate para o chão. Mais uma vez nas costas de Masvidal, o brasileiro desferiu alguns golpes no rosto, mas novamente não conseguiu a posição para a finalização.

O início do terceiro round teve Masvidal tomando as ações do combate. O norte-americano iniciou desferindo dois chutes baixos e dois jabs que acertaram o rosto do brasileiro. Maia, por sua vez, enfim conseguiu uma queda. No chão, o brasileiro foi mais uma vez para as costas do adversário e começou a trabalhar em busca da finalização.

Apesar das tentativas, Maia não conseguiu a finalização. Por fim, o brasileiro foi nomeado vencedor por decisão dividida dos jurados.

Edgar nocauteia queridinho do público latino

Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images
Olho de Yair Rodríguez ficou totalmente fechado e obrigou fim da luta Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Antes do combate de Maia, o UFC 211 teve seu primeiro combate vítima de reclamação do público. A falta de ação de Krzysztof Jotko e Dave Branch foram alvo por mais de uma vez das vaias dos torcedores presentes no American Airlines Center.

O árbitro por duas vezes no terceiro round precisou separar os lutadores por falta de combatividade. Quando o gongo soou, uma grande vaia teve início no ginásio. Por fim, Dave Branch venceu por decisão dividida: 29-28, 28-29 e 29-28.

Passada a luta mais sonolenta da noite, chegou a vez do lutador que mais prometia levantar o público latino presente no ginásio: Yair Rodríguez. Assim que a música “Corrido de Chihuahua” começou a tocar, os torcedores mexicanos enlouqueceram.

Enquanto os mexicanos enlouqueciam com Rodríguez, os demais torcedores demonstravam seu apoio ao ex-campeão Frankie Edgar.

E foi Edgar quem começou melhor o combate. Após conseguir levar o adversário para o chão, o norte-americano disparou uma dura sequência de socos no ground and pound que deixou Rodríguez com o rosto bastante machucado. Com o olho do mexicano totalmente fechado após o fim do round, o árbitro não teve escolha senão decretar o nocaute técnico a favor de Edgar.

Confira os resultados do UFC 211:

CARD PRINCIPAL

Stipe Miocic venceu Junior Cigano por nocaute técnico, aos 2m22s do primeiro round
Joanna Jedrzejczyk venceu Jéssica Andrade por decisão unânime (50-45, 50-44, 50-45)
Demian Maia venceu Jorge Masvidal por decisão dividida dos jurados (29-28, 28-29 e 29-28)
Frankie Edgar venceu Yair Rodríguez por nocaute técnico (interrupção médica) ao final do segundo round
Dave Branch venceu Krzysztof Jotko por decisão dividida dos jurados (29-28, 28-29 e 29-28)

CARD PRELIMINAR

Eddie Alvarez e Dustin Poirier tiveram No Contest (Sem Resultado)
Jason Knight venceu Chas Skelly por nocaute técnico, aos 39s do terceiro round
Chase Sherman venceu Rashad Coulter por nocaute técnico, aos 3m36s do segundo round
James Vick venceu Marco Polo Reyes por nocaute técnico, aos 2m39s do primeiro round
Courtney Casey venceu Jéssica Aguilar por decisão unânime dos jurados (triplo 30-27)
Enrique Barzola venceu Gabriel Benítez por decisão unânime dos jurados (triplo 29-28)
Gadzhimurad Antigulov venceu Joachim Christensen por finalização (mata-leão), aos 2m21s do primeiro round

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Redação
Ag. Fight
UOL Esporte - MMA
Na Grade do MMA
Blog do Ohata
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
UOL Esporte - Imagens
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Blog do Ohata
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Blog do Ohata
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo