Topo

MMA

Belfort seguirá lutando após deixar UFC e diz que MMA "ainda não é sério"

Buda Mendes/Getty Images
Imagem: Buda Mendes/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

22/05/2017 12h39

Prestes a fazer sua última luta pelo UFC, Vitor Belfort afirmou que continuará lutando quando deixar a organização de Dana White. Em entrevista à “Veja Rio”, disse que o esporte é sua “paixão” e quer ajudar a torná-lo “sério”.

“Saio do UFC, mas vou continuar competindo. A luta é a minha paixão. Pena que o MMA ainda não virou um esporte sério. Quem sabe ajudo a mudar esse quadro”, afirmou.

Questionado sobre o motivo de afirmar que o esporte não é sério, o veterano lutador afirmou que o UFC é um “show”. “Hoje, um lutador é mais artista do que atleta. Dá tristeza ver lutadores novos querendo dirigir o carro do momento ou ganhar os holofotes como o Conor McGregor. A referência deles é ter, e não ser”.

Belfort estreou no UFC em 1997. Após passagens por outros eventos, como o Pride, o brasileiro retornou à principal organização de MMA do mundo em 2009. Aos 40 anos, o veterano reiterou o desejo de criar uma “Liga das Lendas”.

“Tenho vontade de criar a Liga das Lendas, com atletas que fizeram muito pelas artes marciais e hoje são desvalorizados”.

A última luta de Belfort pelo UFC está marcada para o dia 3 de junho, no Rio de Janeiro, no UFC 212. O brasileiro enfrentará o norte-americano Nate Marquardt.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!