Topo

MMA

Após derrota, José Aldo agradece carinho e afirma: "Eu vou voltar"

Do UOL, em São Paulo

05/06/2017 16h28

Derrotado por Max Holloway no último domingo (04), José Aldo usou as redes sociais, nesta segunda-feira, para agradecer o carinho dos fãs e afastar qualquer especulação de que poderia se aposentar: "Vou voltar", diz no texto, publicado no Instagram. Como consequência do revés, o brasileiro perdeu o cinturão dos penas da organização. 

"Só tenho a agradecer ao paizão André Pederneiras e à melhor equipe do mundo, a Nova União, pois se não fosse por eles eu não seria o 'Campeão do Povo'. A todos os meus treinadores, que fizeram o trabalho super bem feito e me deixaram pronto, e a todo os fãs que sempre estão comigo, aqui fica meu carinho e o meu muito obrigado. Fico até sem palavras para falar de todo o carinho que recebi e recebo até hoje, a cada palavra de carinho que me mandam. Obrigado", escreveu.

Na sequência do texto, Aldo foi direto: "O resto foda-se, porque vou voltar. Porque caímos para nos levantarmos!! Então é isso!! Vamos voltar!!". 

José Aldo foi nocauteado no terceiro round da luta contra o norte-americano Holloway, então campeão interino da categoria, válida para unificar os cinturões. O combate foi realizado no Rio de Janeiro, na madrugada do domingo. Foi a segunda derrota do brasileiro de 29 anos em suas últimas três apresentações.  

Reprodução / Instagram
Imagem: Reprodução / Instagram

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!