MMA

UFC oficializa luta entre Cyborg x Megan Anderson pelo cinturão peso-pena

AP Photo/Eraldo Peres
Brasileira enfrentará australiana no dia 29 de julho, nos Estados Unidos Imagem: AP Photo/Eraldo Peres

Do UOL, em São Paulo

19/06/2017 10h24Atualizada em 19/06/2017 16h05

O UFC oficializou a luta entre Cyborg x Megan Anderson, duelo válido pelo cinturão peso-pena, que está vago. A brasileira enfrentará a australiana no dia 29 de julho, em Anaheim, Estados Unidos.

Megan é atual campeã interina do Invicta FC. O cinturão pertencia a holandesa Germaine de Randamie. Ela, no entanto, tem convivido com lesões desde que conquistou o título contra Holly Holm, em fevereiro. Germaine se recusou a enfrentar Cyborg. Por essa razão, o UFC tirou o cinturão da holandesa e o colocou em disputa na luta entre Cyborg x Anderson.

A indicação de Megan pelo UFC foi exaltada por Cyborg. A brasileira, assim como a australiana, fez sucesso no Invicta FC.

“De fato eu vou lutar com a Megan. O UFC prova que a Invicta sempre colocou os melhores lutadores”.

Cris Cyborg é considerada uma das melhores lutadoras de MMA de todos os tempos. Em seu cartel, a brasileira conta com 17 vitórias, uma derrota e um combate sem resultado.

Recentemente, Cyborg se envolveu em uma polêmica com Angela Magana. No final de maio, durante um encontro de lutadores do UFC, a brasileira discutiu com a norte-americana e chegou a acertar um soco na rival.

A desafiante

Megan tem 27 anos, iniciou carreira na Austrália, mas se mudou para treinar em Kansas City. Nos Estados Unidos, ela e se tornou campeã em menos de dois anos. Veterana com cinco lutas no Invicta FC, Anderson venceu quatro lutas por nocaute, incluindo o confronto contra Tweet, que rendeu o título da categoria no Invicta FC

Campeã diz não ter sido informada

Em entrevista ao "MMA Fighting", Germaine de Randamie disse não recebeu nenhum comunicado do UFC e que soube das mudanças por meio das redes sociais pela manhã.

"Eu não tinha nenhuma ideia de que eu perderia meu cinturão. Descobri pelas redes sociais que a Cyborg vai lutar com a Megan pelo título. Ninguém nunca me disse nada sobre isso", narrou a holandesa, agora ex-campeã do UFC.

Germaine também afirmou que voltará para a divisão dos galos (61kg). "Eu definitivamente vou voltar, voltarei aos 61 kg", finalizou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Redação
Redação
Topo