MMA

Demian Maia enfrenta Tyron Woodley pelo cinturão dos meio-médios no UFC 214

Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images
Demian Maia terá oportunidade de disputar cinturão no UFC 214 Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

28/06/2017 20h14

Demian Maia finalmente terá sua chance de disputar o cinturão dos meio-médios do UFC. Nesta quarta-feira (28), Tyron Woodley, atual campeão da categoria até 77,1 kg, anunciou em um programa de televisão - no qual é um dos apresentadores - que a luta acontecerá na edição 214 da organização, que será realizada em no dia 29 de julho, em Anaheim, Califórnia, nos Estados Unidos.

"DC (Daniel Cormier), vou me juntar a você, irmão. Demian Maia e eu nos enfrentaremos no UFC 214, na Califórnia. Ele está atrás do cinturão, e adivinhe? Não será fácil. Já estou treinando, sei que ele virá para me jogar no chão, estou me preparando", revelou no programa UFC Tonight, do canal norte-americano Fox Sports. Minutos depois, publicou uma imagem em seu Instagram (veja abaixo).

 

Yeah I didn't Stutter!! @ufc #ufc214 vs @demianmaia for Welterweight Gold #Leggo #AndStill

A post shared by Tyron Woodley (@twooodley)

 

 

on

O brasileiro vive sua melhor fase dentro do Ultimate. Depois da derrota para Rory MacDonald, em fevereiro de 2014, Demian embalou sete vitórias seguidas, algumas contra nomes importantes da categoria, como Jorge Masvidal e Carlos Condit - essa última recebendo o prêmio de performance da noite. 

Woodley se tornou campeão em julho do ano passado, quando nocauteou Robbie Lawler no primeiro round do UFC 201, realizado em Atlanta. De lá para cá, fez duas defesas de cinturão contra Stephen Thompson, empatando a primeira e vencendo a segunda por decisão majotirária, no que foi considerada uma das lutas mais monótonas dos últimos tempos.

Essa será a terceira luta de cinturão do UFC 214. Além de Woodley e Maia, o card principal terá o reencontro entre Daniel Cormier e Jon Jones, pelo cinturão dos meio-pesados (até 93 kg), e da brasileira Cris Cyborg e Tonya Evinger, pelo título dos penas feminino (até 65,8 kg).

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
EFE
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo