Esporte

McGregor provoca em 1º encontro e promete nocautear Mayweather no 4º round

REUTERS/Lucy Nicholson
Conor McGregor tenta desestabilizar Floyd Mayweather durante evento Imagem: REUTERS/Lucy Nicholson

Do UOL, em São Paulo (SP)

11/07/2017 18h58

Floyd Mayweather e Conor McGregor se encontraram pela primeira vez depois da confirmação oficial do duelo entre eles. Nesta terça-feira (11), no Staples Center, em Los Angeles (EUA), os dois lutadores fizeram a primeira parada do tour mundial prometido pela organização para a promoção da superluta, que acontecerá no dia 26 de agosto, na T-Mobile Arena, em Las Vegas.

McGregor foi anunciado primeiro. O irlandês entrou sozinho no palco montado no Staples Center. Ali, ficou uns três minutos: acenou para as câmeras, apontou para a plateia e até dançou com a música de fundo. Na sequência, foi a vez de Mayweather entrar no ginásio. Enquanto o norte-americano era anunciado e andava em direção ao palco, ainda foi acertado por uma bandeira da Irlanda atirada das arquibancadas.

Assim que ficaram frente a frente, Mayweather optou pelo silêncio, enquanto McGregor já distribuía palavras em direção ao pugilista - no entanto, ainda longe dos microfones. O irlandês ainda esboçou uma dança provocativa ao norte-americano, tentando claramente desestabilizar o oponente. Cada movimento do lutador do UFC era ovacionado pelos torcedores, que optaram por vaiar quando Floyd era focalizado.

Harry How/Getty Images/AFP
Dana White fica no meio para separar Mayweather e McGregor Imagem: Harry How/Getty Images/AFP

A coletiva começou diferente do que os fãs de MMA estão acostumados. Primeiro, Jimmy Lennon Jr., famoso locutor, anunciou o evento. Na sequência, passaram pelo microfone Stephen Espinoza, vice-presidente executivo da Showtime, Richard Sturm, presidente da rede de hotéis MGM, e Dana White, presidente do UFC - empolgado, gritou no microfone para apresentar seu pupilo.

"Nós conseguimos. Não ouvi nada do que esses filhos da p... disseram, mas obrigado. Estou honrado de estar aqui com vocês. Ele está quebrado, está vestindo um agasalho de corrida, sequer consegue pagar um terno. Ele está com 40 (anos), vou nocauteá-lo em quatro rounds, anotem minhas palavras. Trabalhei muito por isso. Estou apenas aproveitamento o momento. Ele não aguenta quatro rounds. Não tenho medo dele, essa não é uma luta verdadeira. Se fosse, não passaria do primeiro round", disparou McGregor.

Na vez de Mayweather, o pugilista começou pedindo para que a plateia apontasse para o "trabalho fácil", se referindo ao irlandês. E se rendeu ao famoso trash talk. Com o microfone em mãos, disse que não se importava em lutar "em um ringue de boxe ou no octógono", mas foi prontamente interrompido por Conor. "Para de falar besteira. Você se importa, sim". 
 
Em seguida, chamou o lutador do UFC de "Mr. Tapout", fazendo referência aos três tapinhas dados para se desistir de uma luta de MMA - como McGregor precisou fazer no primeiro encontro com Nate Diaz. E completou com: "Deus só fez uma coisa perfeita, e é o meu cartel de boxe". Mayweather possui 49 lutas, sendo 49 vitórias e nenhuma derrota.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo