Topo

MMA

Jon Jones tira a camisa em rara encarada tranquila com Daniel Cormier

Do UOL, em São Paulo

26/07/2017 17h51

Nesta quarta-feira (26), após a entrevista coletiva para o UFC 214, Jon Jones tirou a camisa para encarar Daniel Cormier, seu adversário na briga pelo cinturão dos meio-pesados. A forma física do lutador foi tema de provocações durante o evento. Apesar da provocação, não houve confusão na cerimônia.

Cormier relembrou os casos de doping de Jones para provocá-lo durante a coletiva. A resposta foi ofensiva, com o ex-campeão chamando o adversário de “crackudo”.

“Jon quase chorou quando eu o acusei de usar esteroides. Se eu acredito que ele trapaceou? Sim. Acho que por muito tempo”, disse Cormier.

“Quem parece um viciado hoje? Você parece um crackudo de terno”, defendeu-se Jones, dizendo que seus treinos são a razão para seu corpo definido.

“Posso parecer, mas nunca fui um”, alfinetou o atual campeão.

A forma física de Cormier também foi motivo para provocações, já que o lutador tem histórico de não bater seu peso. Ele admitiu que a pesagem será motivo de ligeira preocupação.

"Me sinto bem, mas vou levar uma toalha de qualquer jeito", brincou.

Jones aproveitou para provocar e dizer que vai lutar mesmo se seu oponente não conseguir cumprir a meta.

"Se ele não bater o peso, mesmo assim vou lutar e pegar os 20% do troco que ele está ganhando", disparou.

Apesar das provocações, a encarada, encarada com cautela por Dana White, não teve problemas. Em 2014, os dois chegaram a partir para as vias de fato durante promoção de luta que acabou não acontecendo por conta de lesão de Jones.

O UFC 214 será disputado neste sábado (29), na Califórnia. Serão três lutas valendo cinturão: Cris Cyborg x Tonya Evinger, pelo peso pena, Tyron Woodley x Demian Maia, pelos meio-médios, e Daniel Cormier x Jon Jones, pelos meio-pesados. As outras duas encaradas também aconteceram sem problemas.