Topo

MMA

Jon Jones e Cormier fazem encarada tranquila; brasileiro brinca com "bafo"

Do UOL, em São Paulo (SP)

28/07/2017 21h31

A encarada entre Daniel Cormier e Jon Jones, no UFC 214, foi tranquila nesta sexta-feira (28). Ao contrário da primeira luta entre dois, quando inclusive trocaram empurrões e destruíram a estrutura de um evento da organização, o campeão e desafiante dos meio-pesados (até 93 kg) foram separados por Dana White e ficaram longe de se tocarem no palco montado em no Honda Center, Ananheim, em Los Angeles (EUA). 

Reprodução/UFC
Renan Barão brinca com "bafo" de Sterling na pesagem do UFC 214 Imagem: Reprodução/UFC

Penúltima luta do card preliminar, Renan Barão e Aljamain Sterling protagonizavam uma encarada normal, até que um momento inusitado chamou atenção. Nos segundos finais do cara a cara, o norte-americano decidiu falar algumas palavras. No mesmo momento, o brasileiro tampou o nariz, fazendo um sinal com a mão de que o rival estava com mau hálito.

O QUE ESTÁ EM JOGO?

Daniel Cormier e Jon Jones finalmente vão fazer a tão esperada revanche no UFC. Depois de várias tentativas, a luta irá acontecer dois anos depois de Bones vencer DC por decisão unânime. O campeão ficará com o cinturão dos meio-pesados (até 93 kg) da organização.

Na segunda luta mais importante da noite, Demian Maia desafia Tyron Woodley, campeão dos meio-médios (até 77 kg) do UFC. O brasileiro chega ao posto de desafiante ao título aos 39 anos e com uma sequência de sete vitórias seguidas na categoria.

Já na terceira luta do card principal, Cris Cyborg é franca favorita contra Tonya Evinger. A brasileira finalmente terá a oportunidade de lutar pelo cinturão de sua categoria no UFC - peso-pena feminino (até 65,8 kg) -, que teve Germaine de Randamie como primeira campeã, mas que teve o título retirado após negar uma luta com a lutadora curitibana.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!