Topo

MMA

Ex-UFC, brasileiro abandona luta e vira alvo de objetos tacados por torcida

Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa
O brasileiro Diego Brandao faz tradicional pose na pesagem do UFC 146, em Las Vegas Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa

Do UOL, em São Paulo

04/09/2017 23h10

Antigo rival de Conor McGregor no UFC, Diego Brandão foi protagonista de uma cena polêmica no último sábado. Durante o Fight Night Global 73, na Rússia, o brasileiro abandonou a luta pelos penas após o anfitrião Akhmed Aliev acertá-lo com dois socos mesmo com a paralisação do árbitro.

Logo após receber os socos no fim do 2º round, Brandão revidou com um chute e deixou o octógono. Irritados, os torcedores começaram a jogar objetos no cage.

Por conta da desistência do brasileiro, a arbitragem deu vitória por nocaute técnico a Aliev. Mesmo com a confusão, Brandão ainda voltou ao octógono para ouvir o decreto dos juízes e ver o braço de seu adversário ser levantado pelo árbitro.

Além de Brandão, outros dois brasileiros ex-UFCs lutaram no evento. Enquanto o meio-médio (77 kg) foi superado por decisão dividida para Shamil Amirov, Fábio Maldonado finalizou Kurban Omarov no 3º round e se tornou campeão meio-pesado do evento.
 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!