Topo

MMA

Khabib domina Edson Barboza, mantém invencibilidade e deve disputar título

Jeff Bottari/Zuffa LLC/ Getty Images
Khabib Nurmagomedov vence Edson Barboza no UFC 219 Imagem: Jeff Bottari/Zuffa LLC/ Getty Images

Do UOL, em São Paulo

31/12/2017 03h18

Não foi neste sábado (30) que Khabib Nurmagomedov perdeu sua invencibilidade. O brasileiro Edson Barboza até tentou, mas acabou não suportando o jogo de enorme pressão do russo e foi derrotado por decisão unânime (30-25, 30-25, 30-24) no UFC 219, em Las Vegas (EUA), pela categoria dos pesos leves da organização.

Com a vitória, o russo provavelmente terá a sua chance de disputar o título da categoria. Caso não enfrente o campeão Conor McGregor, Nurmagomedov, que chegou a sua 25ª vitória em suas 25 lutas, deverá pegar o americano Tony Ferguson na disputa pelo cinturão interino dos leves.

A luta começou favorável ao brasileiro. Edson conseguiu acertar diversos chutes baixos na parte de dentro da perna esquerda de Khabib, que chegou a mancar. No entanto, isso não foi capaz de tirar o ímpeto do russo, que seguiu impondo pressão. Após ter escapado no início, Edson não conseguiu evitar a segunda tentativa de queda de Khabib.

Especialista em sambo, arte marcial russa, Khabib conseguiu travar a luta no chão e não deu a menor chance para Edson sair do seu raio de ação. Cansado, o brasileiro não conseguiu ter forças para afastar Khabib, que aproveitou a ocasião para acertar socos e cotoveladas no rosto do adversário.

O descanso no intervalo não foi capaz de fazer o brasileiro recuperar o fôlego. Já Nurmagomedov seguia caminhando para frente, não dando a menor chance para o brasileiro respirar. O brasileiro até tentou acertar um chute rodado, que acabou não pegando em cheio. Na segunda metade do 2º round, Khabib voltou a derrubar Edson, minando ainda mais o seu gás.

O russo também deu demonstrações de fadiga, mas ainda assim aproveitou o maior cansaço do brasileiro para leva-lo à grade do octógono e minar os golpes de Edson já no início do último round. Após se desvencilhar, Edson tentou dar outro chute rodado e uma joelhada, mas acabou novamente sendo derrubado pelo russo, que seguiu batendo no brasileiro até o fim do combate.

Russo pede Ferguson

Ainda no octógono, Nurmagomedov admitiu que deve enfrentar Tony Ferguson, dono do cinturão interino dos leves. "Eu quero lutar logo contra o Tony Ferguson. Acho que o Conor McGregor não vai voltar agora, ele ganhou muito dinheiro, vai ter que gastar todo esse dinheiro antes de voltar".

Veja os resultados do UFC 219

Card principal

Cris Cyborg venceu Holly Holm por decisão unânime
Khabib Nurmagomedov venceu Edson Barboza por decisão unânime
Dan  Hooker finalizou Marc Diakiese no 3º round
Carla Esparza venceu Cynthia Calvillo por decisão unânime
Neil Magny venceu Carlos Condit por decisão unânime

Card preliminar

Michal Oleksiejczuk venceu Khalil Rountree por decisão unânime
Myles  Jury venceu Rick  Glenn por decisão unânime
Marvin Vettori e Omari  Akhmedov empataram de forma majoritária
Matheus Nicolau venceu Louis Smolka por decisão unânime
Tim Elliott finalizou Mark De La Rosa no 2º round