Topo

MMA

Algoz de Aldo substitui Ferguson e disputará 2º título contra russo no UFC

Gregory Shamus/Getty Images
Max Holloway Imagem: Gregory Shamus/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

01/04/2018 20h32

Parece brincadeira de 1º de abril, mas não é. A menos de uma semana de disputar o cinturão dos pesos leves com Khabib Nurmagomedov, Tony Ferguson se lesionou e está fora do confronto no UFC 223, no próximo sábado (7). No entanto, o campeão dos pesos penas Max Holloway foi escalado e enfrentará o russo pelo título da categoria até 70 kgs, na luta principal do evento.

Em anúncio nas redes sociais, o presidente do UFC, Dana White, anunciou a saída de Ferguson, que sofreu uma lesão no joelho, e informou posteriormente que o havaiano disputará seu segundo cinturão ao enfrentar Khabib no Brooklyn, em Nova York (EUA).

Caso vença o russo, Holloway pode ser o lutador mais jovem do UFC a ter dois cinturões da organização. Campeão dos penas desde junho de 2017, quando nocauteou José Aldo no Rio de Janeiro, Holloway defendeu o seu título apenas uma vez, quando bateu o brasileiro novamente em revanche, ocorrida em dezembro do ano passado.

Com 26 anos, Holloway poderá alcançar a mesma marca do irlandês Conor McGregor, que chegou a ter os cinturões simultaneamente, quando conquistou os títulos dos pesos penas e leves.

No entanto, a missão do havaiano não será das mais fáceis. Recuperado de seguidas lesões, Khabib Nurmagomedov finalmente terá a oportunidade de disputar um título do UFC. A última luta do russo foi em dezembro do ano passado, quando aniquilou o brasileiro Edson Barboza e o venceu por decisão unânime.

Essa foi a quarta vez que o combate entre Ferguson e Nurmagomedov teve de ser cancelado. Em 2015, o duelo foi adiado por uma lesão de Khabib na costela. No ano seguinte, foi ‘El Cucuy’ que se lesionou.

A luta ficou muito próxima de finalmente acontecer em março de 2017. No entanto, o russo teve que ser hospitalizado por problemas durante o corte de peso, dois dias antes do confronto acontecer.