Topo

MMA

Lutador de MMA é assassinado dentro de casa no Pará

Reprodução
Adriano Mamute tinha 29 anos Imagem: Reprodução

Bruno Thadeu

Do UOL, em São Paulo

03/04/2018 11h14

O lutador de MMA Adriano Sylberth Santana Pereira, conhecido como Adriano Mamute, de 29 anos, foi assassinado na madrugada desta terça-feira, dentro de sua residência, no distrito de Outreiro, vinculado à capital Belém.

Ao UOL Esporte, a Polícia Civil do Pará disse, com base em relato de testemunha, que três homens encapuzados pularam uma cerca, entraram pelo quintal e bateram na porta dos fundos da residência. Mamute estava com a mulher e o filho de 9 anos. O lutador abriu a porta e se deparou com os homens. Mamute tentou fugir e correu para dentro da casa.

Os homens mandaram a mulher e o menino se afastarem e deram tiro em Mamute. Os indivíduos deixavam o local quando perceberam que Mamute ainda dava sinais de vida. Eles retornaram ao quarto e esfaquearam o lutador, que morreu no local.

A polícia instaurou inquérito para a apurar a razão do assassinato. Os homens encapuzados não foram identificados. Eles levaram os celulares do lutador e da mulher.

À reportagem, a Polícia Civil informa que Mamute não tinha antecedentes criminais. Em contato com vizinhos e pessoas próximas a Mamute, a polícia relatou que o lutador não usava drogas, não vinha recebendo ameaçadas e era visto como uma pessoa fechada.

Profissionalmente, Mamute disputou duas lutas, com uma vitória e uma derrota. No amador, ele havia feito mais de 30 lutas.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!