Topo

MMA


"Ela é a melhor de todos os tempos", diz Dana White sobre Amanda Nunes

Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images
A campeã Amanda Nunes comemora o histórico nocaute sobre Cris Cyborg Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Vinicius Castro

Do UOL, em Inglewood (EUA)

30/12/2018 05h01

Presidente do UFC, Dana White rasgou elogios para Amanda Nunes após o incrível nocaute sobre Cris Cyborg, neste sábado (29), na edição 232 da franquia. A brasileira foi exaltada pelo dirigente em entrevista coletiva no The Forum, em Inglewood (EUA). Além disso, ainda recebeu o bônus de R$ 195 mil por performance da noite.

"Ela é a melhor de todas. Essa luta era para definir isso. Veja o currículo e quem ela venceu. As pessoas podem tentar e dizer até coisas estranhas, mas a Amanda é a melhor de todos os tempos", afirmou.

Para Dana White, Amanda Nunes será uma estrela da franquia a partir de agora. Primeira mulher na história campeã em duas categorias - galo e pena -, a brasileira construiu um legado na análise do presidente do UFC.

"É o tipo de luta que faz isso. Você tem que descobrir quem é a melhor do mundo e fizemos isso. Foi incrível! Ela será uma estrela, prometo isso. As pessoas ficaram loucas com ela. Vamos nos reunir e definir os próximos passos", encerrou.

Amanda Nunes venceu as suas últimas oito lutas e não sabe o que é sair derrotada do octógono há quatro anos. Ao encerrar a supremacia de Cris Cyborg, a campeã colocou de uma vez por todas o seu nome na história do MMA.

UFC 232 
29 de dezembro de 2018, em Inglewood (EUA)

Card principal

Meio-pesado: Jon Jones venceu Alexander Gustafsson por nocaute aos 2m02s do 3º round
Pena: Amanda Nunes venceu Cris Cyborg por nocaute aos 51s do 1º round
Meio-médio: Michael Chiesa venceu Carlos Condit por finalização aos 56s do 2º round
Meio-pesado: Corey Anderson venceu Ilir Latifi por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28)
Pena: Alex Volkanovski venceu Chad Mendes por nocaute técnico aos 4m14s do 2º round

Card preliminar

Pesado: Walt Harris venceu Andrei Arlovski por decisão dividida (27-30, 29-28 e 29-28)
Pena: Megan Anderson venceu Cat Zingano por nocaute técnico a 1m01s do 1º round
Galo: Petr Yan venceu Douglas D'Silva por nocaute técnico aos 5m do 2º round
Leve: Ryan Hall venceu B.J. Penn com uma chave de calcanhar aos 2m46s do 1º round
Galo: Nathaniel Wood venceu Andre Ewell por finalização aos 4m12s do 3º round
Médio: Uriah Hall venceu Bevon Lewis por nocaute a 1m32s do 3º round
Médio: Curtis Millender venceu Siyar Bahadurzada por decisão unânime (29-28, 29-28 e 30-27)
Galo: Montel Jackson venceu Brian Kelleher por finalização a 1m40s do 1º round