Topo

MMA


Clay Guida vence BJ Penn por pontos em "luta retrô" do UFC Rio

Leandro Bernardes Lopes/Ag. Fight
Clay Guida fez uma "luta retrô" no UFC Rio e saiu vencedor por pontos na Jeunesse Arena Imagem: Leandro Bernardes Lopes/Ag. Fight

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

2019-05-11T21:31:26

11/05/2019 21h31

Na luta casada para agradar os fãs mais saudosistas do MMA, o experiente Clay Guida, de 37 anos, venceu o ainda mais veterano BJ Penn, de 40, no UFC 237, realizado hoje (11), na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro. A decisão foi por pontos e de maneira unânime (29-28, 29-28, 29-27).

BJ Penn, que pertenceu ao Hall da Fama do UFC, não vence há quase nove anos. Sua última vitória foi sobre Matt Hughes, dia 20 de novembro, no UFC 123. Ele é ex-campeão das categorias leve e meio-médio.

Clay Guida, com seu estilo "homem das cavernas", vinha de uma derrota para Charles Oliveira, no UFC 225, dia 9 de junho do ano passado.

A luta

Os veteranos começaram a luta se estudando e o primeiro round teve poucas emoções. No segundo, Penn apostou nos jebs enquanto Guida tinha os chutes como uma boa arma. Aos poucos, o americano foi se sobressaindo e conseguiu conectar alguns golpes que deixaram o havaiano tonto.

No último round, a luta voltou a ter um equilíbrio, embora ambos estivessem muito cansados. Guida, porém, seguiu superior, e venceu de forma inconteste.

Após pedir gritos de "BJ" para o público depois do resultado, Clay Guida demonstrou todo o seu respeito pela lenda:

"Quando ele era apelidado de Prodigy, enfrentou o meu mestre, Joey Gilbert, em sua estreia no UFC, então eu queria lutar com ele porque ele é parte da minha longevidade no esporte. Ele é uma lenda e merece muito respeito".

Veja como foi o UFC 237, neste sábado (11), no Rio de Janeiro:

Card principal

Peso-palha: Jessica Bate-Estaca (BRA) vence Rose Namajunas (EUA) aos 2m58s do segundo round
Peso-médio: Jared Cannonier (EUA) venceu Anderson Silva (BRA) por nocaute técnico aos 4m47s do primeiro round
Peso-pena: Alexander Volkanovski (AUS) venceu José Aldo por decisão unânime (triplo 30-27)
Peso-meio-médio: Laureano Staropoli venceu Thiago Pitbull por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)
Peso-galo: Irene Aldana (MEX) venceu Bethe Correia (BRA) por finalização aos 3m24s do terceiro round

Card preliminar

Peso meio-pesado: Ryan Spann (EUA) venceu Rogério Minotouro (BRA) por nocaute aos aos 2m07s do primeiro round
Peso-leve: Thiago Moisés (BRA) vence Kurt Holobaugh (EUA) por decisão unânime (30-26, 30-26, 30-27)
Peso-meio-médio: Warlley Alves (BRA) venceu Sérgio Moraes (BRA) por nocaute no terceiro round
Peso-leve: BJ Clay Guida (EUA) venceu BJ Penn (HAV) em decisões por pontos (29-28, 29-28, 29-27)
Peso-mosca: Luana Dread (BRA) venceu Priscila Pedrita (BRA) por pontos
Peso-galo: Raoni Barcelos (BRA) venceu Carlos Huachin (PER) por nocaute técnico aos 4m49s do segundo round
Peso-galo: Viviane Araújo (BRA) venceu Talita Bernardo (BRA) por nocaute aos 48s do terceiro round