Topo

MMA


Anderson Silva leva duro golpe no joelho e perde para Cannonier no UFC Rio

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

2019-05-12T01:02:42

12/05/2019 01h02

Não faltou apoio para Anderson Silva na noite de hoje (11) na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro. O Spider, porém, levou um duro chute no joelho direito de Jared "Gorilla" Cannonier ainda no primeiro round e acabou derrotado no UFC 237 por interrupção da arbitragem diante da lesão.

Dando seus passos finais na organização, a lenda do MMA ainda tem planos antes da aposentadoria no esporte. O veterano de 44 anos quer fazer uma luta com ninguém menos que o polêmico irlandês Conor McGregor. Presidente do UFC, Dana White, porém, ainda não se manifestou sobre o tema.

Integrante da equipe alega que Spider já estava com problema no joelho

A dor foi imediata. Assim que Anderson Silva levou o chute, caiu no octógono e soltou um palavrão, ciente que a lesão era preocupante. Enquanto saía com bastante dificuldade, mancando e carregado por seguranças, um integrante de sua equipe informou que o joelho direito de Spider já estava com problema antes da luta.

Cannonier provoca e não consegue dar entrevista com tanta vaia

Após sua vitória ser decretada, Jered Cannonier não se furtou em provocar a torcida presente na Jeunesse Arena. Com gestos, pedia aplausos e colocava as mãos no ouvido. A reação do público foi imediata e a vaia concedida foi uma das mais sonoras de todos os eventos do UFC no Rio de Janeiro, a ponto do americano quase não conseguir conceder sua entrevista no octógono. Quem estava no ginásio simplesmente não ouviu o que o lutador falou.

Veja como foi o UFC 237, neste sábado (11), no Rio de Janeiro:

Card principal

Peso-palha: Jessica Bate-Estaca (BRA) vence Rose Namajunas (EUA) aos 2m58s do segundo round
Peso-médio: Jared Cannonier (EUA) venceu Anderson Silva (BRA) por nocaute técnico aos 4m47s do primeiro round
Peso-pena: Alexander Volkanovski (AUS) venceu José Aldo por decisão unânime (triplo 30-27)
Peso-meio-médio: Laureano Staropoli venceu Thiago Pitbull por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)
Peso-galo: Irene Aldana (MEX) venceu Bethe Correia (BRA) por finalização aos 3m24s do terceiro round

Card preliminar

Peso meio-pesado: Ryan Spann (EUA) venceu Rogério Minotouro (BRA) por nocaute aos aos 2m07s do primeiro round
Peso-leve: Thiago Moisés (BRA) vence Kurt Holobaugh (EUA) por decisão unânime (30-26, 30-26, 30-27)
Peso-meio-médio: Warlley Alves (BRA) venceu Sérgio Moraes (BRA) por nocaute no terceiro round
Peso-leve: BJ Clay Guida (EUA) venceu BJ Penn (HAV) em decisões por pontos (29-28, 29-28, 29-27)
Peso-mosca: Luana Dread (BRA) venceu Priscila Pedrita (BRA) por pontos
Peso-galo: Raoni Barcelos (BRA) venceu Carlos Huachin (PER) por nocaute técnico aos 4m49s do segundo round
Peso-galo: Viviane Araújo (BRA) venceu Talita Bernardo (BRA) por nocaute aos 48s do terceiro round