Esporte

Cielo encara 6h de audiência e mantém silêncio; resultado sai quinta às 7h

AP
Cielo se apresenta para julgamento nos arredores de Xangai Imagem: AP

Do UOL Esporte

Em São Paulo*

20/07/2011 10h01

Cesar Cielo encarou quase seis horas de julgamento nesta quarta-feira para tentar se livrar de uma suspensão por doping. A audiência aconteceu em um tribunal improvisado a cerca de uma hora de Xangai, na China, onde a delegação brasileira se encontra para disputar o Mundial. O campeão olímpico e mundial mostrou tranquilidade na saída, mas evitou falar sobre o tema. Pouco tempo depois, a CAS (Corte Arbitral do Esporte) divulgou que o resultado do processo será divulgado às 7h (horário de Brasília) desta quinta-feira.

“Foi tudo bem. Não posso falar”, disse o advogado contratado por Cielo, o norte-americano Howard Jacobs, especialista em graves casos de doping no esporte.

O nadador brasileiro chegou sorridente ao julgamento. Vestindo terno escuro, camisa e gravata claras e usando óculos escuros, o velocista tentou demonstrar tranquilidade antes de enfrentar o momento de tensão.

Cielo, Henrique Barbosa, Nicholas Santos e Vinicius Waked testaram positivo para o diurético furosemida, capaz de mascarar a presença de substâncias proibidas. Advertidos pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), eles viram a Fina (Federação Internacional de Natação) recorrer e pedir uma suspensão.

A decisão da Corte Arbitral do Esporte (CAS) será anunciada às 7h (de Brasília) desta quinta-feira. O órgão pode manter a punição da CBDA, mas também pode aplicar uma suspensão de até dois anos. Neste caso, o quarteto ficaria impedido de disputar as Olimpíadas de Londres, onde Cielo pretende defender a medalha de ouro que conquistou nos 50m livre em 2008, em Pequim.

A CAS levou o julgamento para a China para facilitar a presença de Cielo, em preparação para o Mundial. O encontro aconteceu na universidade de Direito e Ciência Política de Sheshan, nos arredores de Xangai.

O julgamento foi antecipado pela CAS atendendo a pedido da Fina, apoiado por Cielo e pelos demais nadadores. Além de ser campeão olímpico, Cielo também tenta defender os títulos dos 50m e 100m livre que conquistou no Mundial passado. Para isso, ele precisa torcer pela absolvição ou por uma pena leve.

*Com agências internacionais e atualizado às 14h08

VEJA ALGUNS DETALHES DO PROCESSO DO CAMPEÃO OLÍMPICO CESAR CIELO

O ARGUMENTO DE CIELOO QUE PODE ACONTECERENTENDA O PIOR CENÁRIO
Cesar Cielo e os outros três nadadores alegam que ingeriram cápsulas de cafeína contaminadas pela furosemida, diurético famoso por mascarar outras substâncias. Os atletas têm a seu favor um laudo do laboratório Ladetec que confirma a contaminação e um relatório da farmácia de manipulação Anna Terra, de Santa Bárbara D'Oeste, que apresenta todas as substâncias manuseadas no mesmo dia que as cápsulas de cafeína. A CBDA (Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos) aceitou a explicação e determinou apenas uma advertência aos nadadores por entender que não houve culpa nem negligência no caso. Mas a Fina recorreu a CAS.A CAS pode manter apenas a advertência determinada pela CBDA ou pode ampliar a pena de Cesar Cielo e dos outros três nadadores para até dois anos. "Olhando a jurisprudência dominante do CAS em casos exatamente iguais, a tendência é que Cesar Cielo seja suspenso por dois anos", publicou em seu site oficial Alberto Murray, membro do COI e ex-árbitro da CAS. Para ele, apressar o julgamento - pedido das duas partes - não é algo favorável ao brasileiro. "O tempo corre em favor da defesa de Cielo. Apressar o julgamento não é bom para ele. A não ser que haja uma grande marmelada, o que não acredito que acontecerá", expôs. O doping de Cielo foi divulgado em 1º de julho.Qualquer suspensão superior a seis meses tira a chance do atleta de disputar a Olimpíada seguinte. Isso é o que determina o artigo 45 da Carta Olímpica. Cesar Cielo corre o risco de ficar de fora de Londres-2012. Mas, o drama pode ser maior se ele pegar dois anos. Tudo porque a punição excederia os seis meses também no próximo ciclo olímpico e ele pode ser impedido de competir na Olimpíada do Rio-2016. Mas uma brecha aberta no caso de Jessica Hardy pode ajudar o campeão olímpico. Ela foi pega no doping pouco antes de Pequim-2008 e desistiu espontaneamente dos Jogos. Jessica cumpriu um ano de suspensão e voltou a competir em 2009. E o COI já ratificou sua condição para 2012.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo