Topo

Esporte


Brasileiras ficam fora do pódio dos 5 km da maratona aquática em Xangai

Satiro Sodré/Divulgação
Ana Marcela ficou na sétima colocação na prova de 5 km da maratona aquática Imagem: Satiro Sodré/Divulgação

Do UOL Esporte*

Em São Paulo

2011-07-22T01:02:29

22/07/2011 01h02

As brasileiras não tiveram um bom desempenho na prova de 5 km feminina da maratona aquática no Mundial de Xangai. Cotadas na briga por uma medalha, Ana Marcela Cunha e Poliana Okimoto ficaram de fora do pódio.

Ana Marcela terminou a prova na sétima colocação, com o tempo de 1h00min46. Já Poliana Okimoto conquistou a 11ª posição ao finalizar o percurso em 1h00min48.

A vencedora da prova foi a suíça Swann Oberson, que registrou 1h00min39. A francesa Aurelie Muller conquistou a medalha de prata, seguida da norte-americana Ashley Grace Twichell.

A temperatura das águas chinesas atrapalharam as brasileiras. Ana Marcela afirmou que a sensação é que estava mais quente que no dia da disputa dos 10 km, que aconteceu no último dia 19.

“Parece que hoje estava até um pouco mais quente que no dia 19, na prova dos 10 km. Pela força que a gente faz, a água parece que vai para 30 e pouco. E hoje eu só quis mostrar para todo mundo que eu não vim aqui para passear, nem nada, infelizmente não peguei a vaga, mas eu mostrei para todo mundo, que eu estou bem treinada e que toda a minha preparação não foi jogada fora”, desabafou a brasileira.

No masculino, o Brasil teve maiores dificuldade e terminou na 22ª posição com Victor Colonese e na 37ª com Samuel de Bona. A vitória foi do alemão Thomas Lurz.

Neste sábado, Ana Marcela Cunha, Allan do Carmo e Samuel de Bona vão encarar um novo desafio e estarão na disputa dos 25 km, prova que o Brasil não disputa desde o Mundial de 2005.

“Nunca nadei tanto e nem treinei tanto na minha vida de atleta, mas tudo tem a primeira vez e a gente escolha a hora. Depois do Mundial de Roma eu disse que queria nadar os 25 no próximo e vamos ver qual a sensação, se é de dor, desespero…. Acho que vai precisar de muita calma, paciência. Isso é o que vai contar”, revelou Ana Marcela.

* Nota atualizada às 07h01

Mais Esporte