Esporte

Cielo retoma treinos após pausa, se anima e pode voltar a competir

Buda Mendes/Getty Images
Imagem: Buda Mendes/Getty Images

Fábio Aleixo

Do UOL, em São Paulo

02/02/2017 04h00

Cesar Cielo está de volta às piscinas, mas ainda não para competir. Desde o dia 7 de janeiro o tricampeão mundial e campeão olímpico dos 50 m livre tem pegado pesado nos treinamentos. Ao lado de Felipe França, está fazendo suas atividades no Centro Olímpico de São Paulo. São trabalhos na água e também na academia.

Cielo está sem clube - uma vez que seu contrato com o Minas acabou no dia 31 de dezembro - e sem nenhum técnico para orientá-lo em São Paulo. Está seguindo um programa de treinos enviado dos Estados Unidos por Scott Goodrich, seu treinador na última parte do ciclo olímpico da Rio-2016.

O nadador também está passando por uma série de avaliações coordenadas pelo biomecânico Augusto Carvalho Barbosa, diretor da Meazure Ciências do Esporte, empresa que fornece serviços de consultoria científica para o Comitê Paralímpico Brasileiro e algumas das principais equipes de natação do país. 

Ele inclusive publicou um vídeo de uma das avaliações biomecânicas em seu perfil no Instagram. "Pra turma que perguntou sobre o vídeo, esse é um teste de força. A gente consegue medir quantos Kg eu gero durante o nado. Mas esses dados a @meazure.pro mantem em sigilo haha!", escreveu para explicar a postagem.

O nadador de 30 anos não está dando entrevistas e nem tem comentado abertamente com as pessoas sobre seu retorno às competições, mas tem dado sinais de animação com os treinos em suas redes sociais. 

"Bora treinar!!! Vamos pra cima!", escreveu em uma das suas publicações. "Vamos em busca dos mínimos detalhes! ", disse em outra. As publicações têm empolgado os fãs, que pedem o seu retorno. 

"Não fico comentando com ele (sobre uma volta), mas ele está focado nos treinos. Não sei ainda o que vai acontecer, mas estamos treinando para ficar preparados pelo que vem pela frente. Desde que começamos a treinar, estamos numa crescente", contou ao UOL Esporte Felipe França.

O nadador, que é amigo de Cielo, afirmou que vê o companheiro bastante animado. "Sinto que ele está feliz com esta nova fase da vida, sendo pai. Está sabendo conciliar bem as coisas", afirmou.

"Ele ficou um tempo parado e isso dificulta um pouco as coisas neste início de trabalho. Mas em qualquer treino, ele avança de uma maneira que pessoas que ficam anos treinando não conseguem. Mas agora vai dele estabelecer um foco", completou.

Reprodução/Instagram
Cielo ao lado de Felipe França e biomecânico durante avaliação Imagem: Reprodução/Instagram

Cielo anunciou a pausa na carreira, mas descartou a aposentadoria no dia 12 de outubro do ano passado. Ele não nada uma competição oficial desde o Troféu Maria Lenk de 2016, competição na qual acabou não obtendo a classificação para os Jogos do Rio.

O nadador tem feito algumas clínicas e na terceira semana de janeiro esteve na Argentina para nadar um desafio contra o argentino José Meolans. Foram disputas em piscina e mar aberto.

Neste ano, a principal competição da natação é o Campeonato Mundial de Budapeste (HUN), entre os dias 14 e 30 de julho. Caso Cielo deseje disputar a competição para buscar o seu quarto título dos 50m livre precisará obter a classificação no Troféu Maria Lenk, que ocorre em abril. 

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo