Esporte

Lochte diz que atingiu ponto mais baixo no Rio e só pensa em fazer o bem

AP Photo/Michael Sohn
Imagem: AP Photo/Michael Sohn

Do UOL, em São Paulo

15/02/2017 17h44

O nadador Ryan Lochte afirmou que chegou ao ponto mais baixo de sua carreira nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, mas que agora se sente feliz, pronto para dar a volta por cima no retorno às competições e só fazer o bem para as pessoas e para sua família. O atleta de 32 anos se casará em breve com a modelo Kayla Rae Reid e terá um filho no segundo semestre.

Na Rio-2016, ele envolveu em grande polêmica após simular ter sido vítima de um assalto em um posto de gasolina e foi embora do país sem dar satisfação após a farsa ser descoberta. Por causa do comportamento, foi suspenso por dez meses pela USA Swimming (a federação americana de natação) e perdeu quase todos seus patrocinadores.

Pouco mais de seis meses depois, ele fechou dois novos acordos de patrocínio e se mudou para a Califórnia com a futura esposa.

"Agora, o que me mantém motivado é nadar bem e fazer o bem para a minha família. Há tanta coisa que quero alcançar com a natação. Depois da minha performance no Rio, eu fiquei envergonhado. Ainda que eu tenha ganhado uma medalha de ouro (no revezamento 4x200m livre), eu fiquei envergonhado. Fiquei envergonhado porque sei que não fui capaz de fazer o que sei fazer", afirmou Lochte em entrevista à Fox news.

"(Depois dos Jogos) eu atingi o ponto mais baixo possível", afirmou.

Lochte creditou ao seu romance com Reid a vontade de se recuperar, retomar os treinamentos e voltar a ser feliz após o episódio no Rio.

"Percebi que ela era especial, principalmente depois de tudo o que aconteceu no Rio. Não apenas eu estava sendo atacado, mas ela também. Ela perdeu diversos trabalhos por causa daquilo. E ainda assim ela ficou comigo e me apoio. Mesmo com tanta pressão, estresse, ela esteve firme ao meu lado porque me ama. Ela viu em mim algo que ninguém via. Passamos juntos por tudo", afirmou.

O americano afirmou também que agora está mais motivado ainda para participar dos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

"Meu filho estará durante a Olimpíada. Ele verá o pai dele fazer algo pelo qual é apaixonado. Isso foi o que fez eu voltar a ter meu foco na água. Quero mostrá-lo que com esforço todos os seus sonhos podem se tronar realidade. E que você nunca deve desistir de seus objetivos", copmpletou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo