Esporte

Nuzman responde carta de nadadores e garante realização de competições

Buda Mendes/Getty Images
Carlos Arthur Nuzman, presidente do COB Imagem: Buda Mendes/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

12/04/2017 16h30

O presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, respondeu à carta aberta enviada por 45 atletas na última sexta-feira (7), na qual pediram "socorro" para solucionar a crise na Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA).

Na carta, os atletas mostraram preocupação com o cancelamento de competições e com a diminuição de verba para o esporte. Nuzman assegurou que os eventos já marcados no calendário, como o Troféu Maria Lenk e as participações do Brasil no Mundial de Budapeste e no Sul-Americano de Cali, não estão comprometidos.

A carta dos atletas também foi endereçada ao presidente da República, Michel Temer, ao ministro do Esporte, Leonardo Picciani, e ao secretário nacional de Esporte de Alto Rendimento, o nadador Luiz Lima.

O presidente da CBDA, Coaracy Nunes, foi preso pela Polícia Federal na última quinta-feira (6) acusado de desviar R$ 42,3 milhões em recursos públicos. O caso fez com que os Correios anunciassem o fim do patrocínio à confederação, que já durava mais de 20 anos.

Confira o comunicado de Nuzman na íntegra:

Caríssimos Atletas de Desportos Aquáticos,

Recebemos a carta com a mesma preocupação com que vocês a escreveram. Entendemos, como  vocês,  que  a evolução  do  esporte  no  Brasil  depende  do envolvimento  de  toda  a  sociedade  e  do  trabalho  duro  de  dirigentes,  atletas, jornalistas, patrocinadores e, claro, de todos os níveis de governo.

As  primeiras  providências  porém,  devem  estar  focadas  no  que  é  mais  urgente: assegurar  a  assiduidade  das  equipes  brasileiras  nas  provas  mais  relevantes  do calendário  internacional.  Sem  competir,  os  atletas  não  evoluem.  Falta  motivação para  aquele  esforço  diário,  dolorido  que  é  treinar  em  alto  nível,  como  fazem  ou fizeram todos vocês.

Fiquem  tranquilos  com  relação  à  manutenção  dos  calendários  já  estipulados  e  a realização  de  competições  já  marcadas,  como  o  Troféu  Maria  Lenk,  além  da presença  brasileira  nos  Mundial  de  Budapeste  e  no  sul-americano  de  Cali. A Diretoria Executiva de Esportes do COB foi instruída na sexta-feira a trabalhar com a atual liderança da confederação nessa direção.

Só  essa  urgência porém  já  não  é  suficiente.  Nosso  dever  é  seguir  em  busca  de soluções mais duradouras. Por isso reforço o convite aos integrantes da Comissão de Atletas para a reunião que acontece no próximo dia 18.

Vamos em frente, pois temos muitos desafios e uma juventude que busca inspiração.

Um abraço,

Carlos Arthur Nuzman
Atleta Olímpico
Presidente do Comitê Olímpico do Brasil

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo