UOL Esporte Natação
 
26/07/2009 - 08h30

Brasil quebra recorde do Mundial e vai à final com melhor tempo do 4x100

Bruno Doro
Em Roma (Itália)
O Brasil mostrou força na manhã deste domingo em Roma. Nas eliminatórias do 4x100 m livre, o time brasileiro quebrou o recorde do Campeonato Mundial e se classificou para a final com o melhor tempo das eliminatórias.

Para completar, César Cielo também quebrou o recorde dos 100m livre do torneio, com 47s39. Seu melhor tempo anteriormente era de 47s60, do Maria Lenk. "Para a primeira prova, gostei do meu tempo. Não estava esperando. Mas acho que dá para nadar ainda mais baixo que isso", disse o campeão olímpico dos 50m livre.

A equipe nadou com Cielo, Nicolas Oliveira, Guilherme Roth e Fernando Silva. O time fechou a prova em 3min11s26. A marca anterior era dos Estados Unidos, no Mundial de Melbourne, com 3min12s72 - o recorde mundial também é dos EUA, com 3min08s24, das Olimpíadas de Pequim.

"Mostramos que estamos no jogo", comemorou Cielo. "Estamos na briga. Só os franceses se pouparam, então o que vimos nas eliminatórias dever ser o que teremos na final", completou Fernando Silva.

A França nadou sem suas duas estrelas, o campeão olímpico dos 100m livre, Alain Bernard, e o recordista mundial dos 100m, Fred Bousquet. Mesmo assim, fez o segundo melhor tempo do dia, com 3min11s38. Depois da França, veio a Grã Bretanha (3min11s62).

Os EUA nadaram sem Michael Phelps, e ainda pouparam os dois vencedores dos 100m livre de sua seletiva, Nathan Adrian e David Walters, e terminaram em 4º (3min11s64). O time teve dois campeões olímpicos, Garret Webber-Gale e Cullen Jones, além de Matthew Grevers e Ricky Berens. Jason Lezak, herói do ouro em Pequim, está fora do time, já que não disputou as seletivas.

Surpresa com o tempo

Estreante em mundiais, o gaúcho Guilherme Roth ficou surpreso com o tempo. "Acho que a gente não esperava nadar 3min11 baixo. Todo mundo falava em 3min12 ou 13. Então, foi uma boa surpresa".

Segundo os nadadores, porém, à tarde o desempenho pode ser ainda melhor. "Acho que à tarde vamos ter ainda mais gás", afirmou Nicolas Oliveira, o segundo a nadar.

A final dos 4x100m livre fecha o programa do dia em Roma. As finais começam às 13h30 (de Brasília) e seguem até 15h30.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host