UOL Olimpíadas
BUSCA




RECEBA O BOLETIM
UOL ESPORTE
 

Lori Fung (CAN)
Divulgação

A canadense Lori Fung levou o primeiro ouro da ginástica rítmica

A canadense Lori Fung nasceu na cidade de Vancouver, na Columbia Britânica, em 21 de fevereiro de 1963. Filha de imigrantes chineses começou a treinar ginástica artística no conceituado Kalev Club, sob as ordens da famosa técnica búlgara Liliana Dmitrova. Apenas um ano após iniciar os treinamentos, competiu pela primeira vez nos campeonatos nacionais.

Em 1976, com 13 anos de idade, Lori Fung decidiu mudar de modalidade passando para a ginástica rítmica. Em 1983, a carreira de Lori Fung decolou de vez. Campeã canadense e medalha de ouro no campeonato suíço, Fung foi 23° no campeonato mundial de exercícios combinados. Este resultado, e a certeza de que a ginástica rítmica seria incluída nos Jogos Olímpicos de 1984, a levaram a decidir continuar seus estudos por correspondência, para poder se dedicar integralmente aos treinos.

Nos Jogos de Los Angeles, em 1984, favorecida pelo boicote dos países do bloco soviético, Fung conseguiu derrotar suas principais adversárias, as atletas da Romênia (que não aderiram ao boicote) e da Alemanha Ocidental, conquistando a medalha de ouro na primeira disputa olímpica.

Nona colocada no Campeonato Mundial de 1985, Fung decidiu se retirar da atividade em 1988, depois de ser incluída no Hall da Fama do Canadá. Atualmente desempenha papel de treinadora do Clube Elite, em Vancouver e é membro do corpo técnico da equipe canadense de ginástica. Em 1999. a Federação Internacional de Ginástica (FIG) a colocou no Hall da Fama do esporte: uma das únicas quatro ginastas rítmicas a ganhar esta honra.
Alexandra Timoshenko (UCR)
EFE

Em carreira-relâmpago, Timoshenko ganhou duas medalhas olímpicas

Nascida em Boguslaw, na Ucrânia, no dia 18 de fevereiro de 1972, a ginasta ingressou cedo no esporte, com apenas 8 anos, e também se retirou precocemente, quando tinha 20 anos. Desde o início da carreira, Timoshenko treinou na famosa academira de Deruigins, com Irina e Albina Deruigina.

Em Seul-1988, em sua primeira Olimpíada, Alexandra Timoshenko, apelidada de Sasha, conquistou a medalha de bronze com equipe da antiga União Soviética. Com apenas 16 anos de idade, era apontada como "nova demais" para se destacar nos Jogos.

Quatro anos depois, mais "madura" e competindo pela Comunidade dos Estados Independentes, a ucraniana foi melhor ainda, ganhando a medalha de ouro e tornando-se a primeira da história a conquistar duas medalhas olímpicas na ginástica rítmica. Campeã européia em 1988, 1990 e 1992 e Mundial em 1989 e 1991, Alexandra encerrou a carreira no auge, logo após a Olimpíada de Barcelona.


  Quadro da modalidade
  País Total
  1º RUS 2 1 0 3
  2º ITA 0 1 0 1
  3º BUL 0 0 1 1
 5º BRA 0 0 0 0

 Resultados
  TV UOL Olimpíadas
Estrela da GRD brasileira, Dayane Camilo se aposenta
O Esporte
 Regras

 Glossário

Competição
 Resultados

 Locais de competição
Brasil
 Histórico

 Estrela

 Brasileiros



História
 Modalidade

 Curiosidades

 Destaques

 Quadro de medalhas

 Medalhas por prova