UOL Olimpíadas
BUSCA




RECEBA O BOLETIM
UOL ESPORTE
 

 
10/08/2004 - 19h01
Federação Internacional aponta Honorato entre os favoritos

Da Redação
Em São Paulo

Atual vice-campeão olímpico, o brasileiro Carlos Honorato foi colocado entre os favoritos da categoria médio (até 90 kg) do judô nas Olimpíadas de Atenas. Ele foi citado em uma análise de um jornalista credenciado, divulgada pela Federação Internacional de Judô (IJF).

Arquivo 
Carlos Honorato está entre os grandes nomes da categoria médio na atualidade
Segundo o artigo, publicado na segunda-feira, Honorato se credencia ao inédito ouro olímpico por causa de seus recentes resultados. Além de perder a final em Sydney, ele foi medalha de bronze no Mundial de 2003, em Osaka, e ouro no Pan-Americano de judô das Ilhas Marguerita (Venezuela), disputado em abril deste ano.

A performance do brasileiro na Venezuela é destacada pela facilidade com que Honorato chegou ao ouro, vencendo todas suas lutas por ippon. Além disso, ganhou do cubano peso pesado Rigoberto Trujillo na categoria aberta.

Honorato começou a ganhar notoriedade em Sydney, quando ganhou do japonês Hidehiko Yoshida nas quartas-de-final. A análise lembra que o judoca brasileiro não consegue bons resultados nos melhores torneios europeus.

Entre as qualidades de Honorato, é citada uma grande variedade de técnicas: seoi-nage, kata-guruma, uchi-mata e utsuri-goshi. Além disso, o artigo lembra que, com a experiência adquirida, a tranqüilidade será uma grande aliada à força de seus golpes.

Entre os principais rivais de Honorato está o geórgio Zurab Zviadauri. Ele é o atual vice-campeão mundial, mas perdeu a final em um lance de distração. Ele liderava o combate por um waza-ari, mas levou uma chave de braço do sul-coreano Hee-tae Hwang e acabou imobilizado.

O judoca geórgio ainda é considerado inexperiente e, entre outros resultados, ganhou medalha de bronze no Campeonato Europeu de 2002 e foi campeão mundial da categoria júnior em 2000. Além disso, foi citado por Honorato como principal rival do brasileiro em Atenas.

A Federação Internacional destaca, para completar a lista de favoritos, dois judocas asiáticos. O sul-coreano Hee-tae Hwang começou a se "internacionalizar" em 2002, quando ganhou o Aberto da Alemanha.

Aí, despontou como o provável sucessor de Ki-young, que foi hegemônico durante sua época, ganhando três títulos mundiais e a medalha de ouro nas Olimpíadas de Atlanta, em 1996. Hwang começou a carreira de forma arrasadora, com o título mundial em 2003.

O último favorito é o japonês Hiroshi Izumi. Ele foi apontado como candidato ao título, em lugar do holandês Mark Huizinga, por causa de sua evolução. Ele vinha bem no último Mundial até ser eliminado por Honorato.

Ele é o atual campeão do Torneio de Paris, onde ganhou maior notoriedade ao vencer o francês Frederic Demontfaucon na final, e ficou em terceiro no Campeonato Asiático. Ainda como destaques, a Federação Internacional chama a atenção para o holandês Mark Huizinga, o norte-americano Brian Olson e o cubano Yosvane Despaigne.

Veja também



22/11/2004
10h36 - WADA tem orçamento acrescido em US$ 1,47 milhão

19/11/2004
20h13 - Brasileiro fica em 25º no Mundial de luge e soma ponto para Turim

18/11/2004
13h22 - Polícia faz diligência em empresa responsável por Turim-2006

12/11/2004
19h31 - COB anuncia indicados ao Melhor Atleta do Ano

10h20 - Jogos de Atenas custaram mais de 9 bilhões de euros à Grécia

05/11/2004
08h59 - Chineses adotam data "da sorte" para abertura dos Jogos de 2008

04/11/2004
14h38 - Presidente de comitê dos Jogos de Turim vai pedir demissão

13h51 - Putin recebe no Kremlin 182 medalhistas russos em Atenas 2004

09h06 - Barcelona ajudará candidatura de Madri às Olimpíadas de 2012

02/11/2004
10h09 - Governo dará a Paris 2,5 bilhões de euros para campanha olímpica

Mais notícias