UOL Olimpíadas
BUSCA




RECEBA O BOLETIM
UOL ESPORTE
 

 
11/08/2004 - 13h48
EUA confirmam favoritismo e batem a Grécia na estréia

Da Redação
Em São Paulo

Confirmando o favoritismo, a seleção feminina dos Estados Unidos estreou com vitória no torneio de futebol dos Jogos Olímpicos de Atenas. Nesta quarta-feira, as norte-americanas, forte candidatas ao ouro, derrotaram com facilidade a Grécia por 3 a 0 no estádio Pankritio, na cidade de Heraklio.

Reuters 
A grega Panteleiadou tenta passar pela marcação da norte-americana Markgraf
O confronto desta quarta-feira foi um choque de adversárias conhecidas. A base da seleção grega tem origem americana e vive nos Estados Unidos. Sete jogadoras da equipe da casa residem no país adversário da estréia olímpica.

Com o resultado, os Estados Unidos assumem a primeira colocação do grupo G com três pontos, junto com o Brasil, que estreou com vitória por 1 a 0 sobre a Austrália. No entanto, as norte-americanas levam vantagem sobre as brasileiras no saldo de gols.

A seleção norte-americana volta a jogar no próximo sábado, contra o Brasil, em Thessaloniki, no confronto que poderá definir a primeira colocação do grupo. No mesmo dia, Grécia e Austrália se enfrentam em Heraklio em busca da reabilitação.

O jogo
Logo no primeiro minuto, os Estados Unidos ameaçaram o gol grego com uma bela cobrança de falta de Aly Wagner. Quatro minutos mais tarde, a meia norte-americana recebeu na entrada da área, girou e acertou o travessão.

A pressão das norte-americanas continuou um minuto depois, quando Shannon Boxx, depois de cobrança de escanteio pela esquerda, desperdiçou boa chance de abrir o placar, finalizando dentro da pequena área na trave.

A supremacia dos Estados Unidos sobre a seleção da casa finalmente chegou ao placar aos 13min, quando Shannon Boxx acertou um belo chute da marca do pênalti, após grande jogada de Kristine Lilly pela esquerda.

A vantagem no placar não alterou a postura da seleção norte-americana na partida. Com a nítida superioridade técnica em relação às gregas, os Estados Unidos seguiram agredindo o adversário. Aos 20min, a atacante Mia Hamm, considerada a melhor jogadora do mundo, exigiu boa defesa da goleira Maria Giatrakis.

Aos 29min, os Estados Unidos conseguiram ampliar a vantagem no placar, quando Kate Markgraf cruzou da esquerda e Abby Wambach, sem marcação, tocou de cabeça, encobrindo a goleira adversária.

No segundo tempo, mesmo com um ritmo um pouco mais lento, a seleção norte-americana seguiu no comando da partida. Aos 8min, Mia Hamm desviou de cabeça na área grega e quase marcou o terceiro.

Na seqüência, os Estados Unidos continuaram a crias boas jogas, entrando na área grega sem dificuldades. No entanto, a equipe norte-americana desperdiçou muitas conclusões e só conseguiu ampliar a vantagem aos 36min, quando Mia Hamm fez boa jogada individual e bateu na saída de Maria Giatrakis.

Grécia
Maria Giatrakis; Kaliopi Stratakis, Konstantina Katsaiti, Alexandra Kavvada (Anastasia Papadopoulou) e Eleni Benson; Angeliki Lagoumtzi, Sophia Smith, Eftichia Michailidou e Amalia Loseno; Tanya Kalyvas (Natalia Chatzigiannidou) e Dimitra Panteleiadou (Vasiliki Soupiadou)
Técnico: Xanthi Konstantinidou

Estados Unidos
Briana Scurry; Christie Rampone, Cat Reddick, Joy Fawcett e Kate Markgraf; Shannon Boxx, Aly Wagner (Lindsay Tarpley), Julie Foudy (Angela Hucles) e Kristine Lilly; Mia Hamm e Abby Wambach (Cindy Parlow)
Técnica: April Heinrichs

Data: 11/08/2004 (quarta-feira)
Local: estádio Pankritio, Heraklio (Grécia)
Árbitro: Jenny Palmqvist (SUE)
Auxiliares: Bentla Dcoth (IND) e Emilia Parviainen (FIN)
Cartão amarelo: Abby Wambach (EUA)
Gols: Shannon Boxx, aos 13min; Abby Wambach, aos 29min do primeiro tempo; Mia Hamm, aos 36min do segundo tempo

Veja também




22/11/2004
10h36 - WADA tem orçamento acrescido em US$ 1,47 milhão

19/11/2004
20h13 - Brasileiro fica em 25º no Mundial de luge e soma ponto para Turim

18/11/2004
13h22 - Polícia faz diligência em empresa responsável por Turim-2006

12/11/2004
19h31 - COB anuncia indicados ao Melhor Atleta do Ano

10h20 - Jogos de Atenas custaram mais de 9 bilhões de euros à Grécia

05/11/2004
08h59 - Chineses adotam data "da sorte" para abertura dos Jogos de 2008

04/11/2004
14h38 - Presidente de comitê dos Jogos de Turim vai pedir demissão

13h51 - Putin recebe no Kremlin 182 medalhistas russos em Atenas 2004

09h06 - Barcelona ajudará candidatura de Madri às Olimpíadas de 2012

02/11/2004
10h09 - Governo dará a Paris 2,5 bilhões de euros para campanha olímpica

Mais notícias