UOL Olimpíadas
BUSCA




RECEBA O BOLETIM
UOL ESPORTE
 

 
14/08/2004 - 12h40
Italiano conquista o ouro no ciclismo de estrada no sprint final

Da Redação
Em São Paulo

O italiano Paolo Bettini venceu a prova de resistência em estrada, em final emocionante, neste sábado, em Atenas. O ciclista superou o português Sergio Paulinho por apenas um segundo -terminou os 224,4 km em 5h41min44.

O vice-líder do ranking da UCI (União Internacional de Ciclistas) se tornou o segundo atleta de seu país a ganhar ouro no ciclismo de estrada. O outro foi Fabio Casartelli, em Barcelona-1992.

Apesar da derrota, Paulinho, 85º do ranking mundial, garantiu o primeiro pódio de Portugal na modalidade.

EFE 
Paolo Bettini vibra após bater os adversários nos últimos metros
O belga Axel Merckx chegou a liderar a prova, mas caiu de rendimento nas duas últimas voltas e ficou com o bronze com o tempo de 5h41min52s.

O grande inimigo dos atletas foi o forte calor. A temperatura chegou a 40 graus Celsius e surpreendeu até os organizadores, que tiveram de mudar o regulamento e permitir que carros de apoio pudessem entrar no circuito para dar água aos competidores.

Com o desgaste físico, entre os brasileiros, só Murilo Fischer conseguiu terminar a prova. Ele chegou a estar em segundo após três voltas (39,6 km), mas não conseguiu acompanhar o ritmo dos líderes e terminou apenas no 62º lugar, com 5h50min35s.

Márcio May e Luciano Pagliarini abandonaram com problemas. Pagliarini foi o primeiro a deixar, após ter seu pneu traseiro furado. "Eles demoraram uns 40 segundos para trocar o pneu, e no ciclismo é muito tempo", disse o atleta.

Já May sentiu o forte calor. "Estava acompanhando bem, mas depois de um certo momento senti a falta de ritmo e acabei ficando muito para trás."

Ouro em Sydney 2000 na modalidade, Jan Ullrich, 30, frustrou a torcida alemã. Depois de ter ficado apenas em quarto lugar na Volta da França, terminou a prova de Atenas apenas no 19º lugar. Líder do ranking mundial, o alemão Erik Zabel terminou a prova na quarta colocação.

A prova também foi marcada pelos acidentes. Num deles, o espanhol Igor Astarloa, atual campeão mundial, bateu com o compatriota Jose Ivan Gutierrez e com o veterano holandês Michael Boogerd na primeira volta.

O espanhol Oscar Freire, ex-campeão do mundo e também esperança de medalha para seu país, sofreu uma queda. Outro que teve problemas com o calor foi o sueco Magnus Backestedt. Ele não era favorito, mas liderou nove voltas (118 quilômetros) e desistiu.

Veja também



22/11/2004
10h36 - WADA tem orçamento acrescido em US$ 1,47 milhão

19/11/2004
20h13 - Brasileiro fica em 25º no Mundial de luge e soma ponto para Turim

18/11/2004
13h22 - Polícia faz diligência em empresa responsável por Turim-2006

12/11/2004
19h31 - COB anuncia indicados ao Melhor Atleta do Ano

10h20 - Jogos de Atenas custaram mais de 9 bilhões de euros à Grécia

05/11/2004
08h59 - Chineses adotam data "da sorte" para abertura dos Jogos de 2008

04/11/2004
14h38 - Presidente de comitê dos Jogos de Turim vai pedir demissão

13h51 - Putin recebe no Kremlin 182 medalhistas russos em Atenas 2004

09h06 - Barcelona ajudará candidatura de Madri às Olimpíadas de 2012

02/11/2004
10h09 - Governo dará a Paris 2,5 bilhões de euros para campanha olímpica

Mais notícias