UOL Olimpíadas
BUSCA




RECEBA O BOLETIM
UOL ESPORTE
 

 
14/08/2004 - 07h32
Bastos acerta 70 de 75 pratos e termina dia em 19º

Da Redação
Em São Paulo

O brasileiro Rodrigo Bastos acertou neste sábado 70 dos 75 tiros na fossa olímpica, em três séries de 25 disparos, de acordo com informações do site oficial de Atenas.

Reuters 
Rodrigo Bastos (esq.) e o russo Alexei Alipov, durante a prova de classificação
Com isso, ele terminou o dia em 19º lugar. Amanhã, por volta das 10h (4h de Brasília), haverá mais duas séries de 25 tiros. Bastos precisa ficar entre os seis primeiros, somando os resultados dos dois dias, para se classificar para a final, no mesmo dia.

O italiano Giovanni Pellielo e o russo Alexei Alipov lideram a prova, com 74 acertos. Seis atletas fizeram 73 pontos, sete marcaram 72, três, 71, e três, 70. O australiano Michael Diamond, favorito na prova, fez 72 pontos.

Bastos acertou 24 pratos na primeira série, e 23 em cada uma das demais.

Segundo sua assessoria de imprensa, a performance chateou o brasileiro. "Tenho certeza de que poderia ter acertado mais três pratos, o que me deixaria bem melhor na briga. Essa chateação é normal. Agora é o momento de esquecer o que foi feito e tentar acertar a mira nas duas séries de domingo", disse o dentista paranaense, patrocinado pela Companhia Brasileira de Cartuchos (CBC).

De acordo com o site do COB (Comitê Olímpico Brasileiro), Bastos saiu da disputa desanimado, certo de que não tinha mais chance de ir à final, mas voltou a acreditar na classificação após conversar com o treinador Eduardo Oliveira. "Mostrei a ele que as possibilidades de classificação ainda são boas. O Rodrigo está a três pontos do terceiro colocado. Além disso, ninguém acertou todos os pratos. Isso significa que tudo será resolvido nas duas últimas séries de 25 tiros cada uma", disse o técnico.

Oliveira afirmou ainda que Bastos sabe também por que errou pelo menos três tiros durante a disputa. "Ele se movimentou antes de a máquina lançar o prato (...) Corrigindo esse problema, ele está muito dentro da disputa."

O atleta tenta repetir o feito de Guilherme Paraense, que em 1920 se tornou o primeiro atleta brasileiro a conquistar uma medalha de ouro em Olimpíada. E foi no tiro.

Bastos é o número 54 do ranking mundial. Foi vice-campeão dos Jogos Pan-Americanos em Santo Domingo-2003 e é um dos 35 participantes da disputa de fossa olímpica.

Veja também




22/11/2004
10h36 - WADA tem orçamento acrescido em US$ 1,47 milhão

19/11/2004
20h13 - Brasileiro fica em 25º no Mundial de luge e soma ponto para Turim

18/11/2004
13h22 - Polícia faz diligência em empresa responsável por Turim-2006

12/11/2004
19h31 - COB anuncia indicados ao Melhor Atleta do Ano

10h20 - Jogos de Atenas custaram mais de 9 bilhões de euros à Grécia

05/11/2004
08h59 - Chineses adotam data "da sorte" para abertura dos Jogos de 2008

04/11/2004
14h38 - Presidente de comitê dos Jogos de Turim vai pedir demissão

13h51 - Putin recebe no Kremlin 182 medalhistas russos em Atenas 2004

09h06 - Barcelona ajudará candidatura de Madri às Olimpíadas de 2012

02/11/2004
10h09 - Governo dará a Paris 2,5 bilhões de euros para campanha olímpica

Mais notícias