UOL Olimpíadas
BUSCA




RECEBA O BOLETIM
UOL ESPORTE
 

 
26/08/2004 - 05h52
Dobradinha da Nova Zelândia leva ouro e prata no triatlo

Das agências internacionais
Em Atenas (Grécia)

Reuters 
O neozelandês Hamish Carter comemora vitória apertada sobre compatriota
A Nova Zelândia fez dobradinha no pódio do triatlo nesta quinta-feira: Hamish Carter ficou com o ouro, e Bevan Docherty, atual campeão mundial, com a prata. O bronze foi para o suíço Sven Riederer.

Carter fez a prova -que tem 1,5 km de natação, 40 km de ciclismo e 10 km de corrida, nessa ordem- em 1h51min07s73, 7s87 à frente do segundo colocado e 25s53 à frente do terceiro.

Os três estiveram juntos em quase toda a etapa final. Na última volta da corrida, o suíço ficou um pouco para trás, e, a 500 m da linha de chegada, Carter se desgarrou de Docherty.

Os brasileiros tiveram uma participação discreta. Leandro Macedo terminou em 31º, Paulo Miyasiro, em 34º, e Juraci Moreira, em 41º. Dos 50 participantes, 42 completaram a prova.

Miyasiro ainda se destacou no início, ao terminar em segundo lugar a etapa de natação. Mas, ao fim do ciclismo, estava em 41º. Depois recuperou algumas posições durante a corrida.

De qualquer forma, foi uma atuação melhor do que a da equipe feminina. Na prova do dia anterior, Mariana Ohata ficou em 37º lugar; Carla Moreno e Sandra Soldan não completaram o circuito.

A prova
Docherty, de 27 anos e número um do mundo, era considerado o favorito "no papel" para vencer a prova. Mas seu compatriota Carter, de 33 anos, o acompanhou o tempo todo.

A prova teve um padrão diferente da feminina, quando duas atletas conseguiram se distanciar das demais logo após a natação. No masculino, o norte-americano Andy Potts saiu da água em primeiro, mas foi seguido de perto por um grande grupo.

Logo na primeira subida, com menos de 1 km de ciclismo, já havia um pelotão de 15 atletas na frente.

Esse grupo segurou muitos dos favoritos, incluindo o australiano Peter Robertson e o dinamarquês Rasmus Henning, vencedor da etapa da Copa do Mundo realizada no mesmo local, o Centro Olímpico de Vouliagmeni, em outubro do ano passado.

Ao fim de seis voltas no ciclismo, seis atletas já haviam se desgarrado: Docherty, Carter e Riederer, que se manteriam na liderança até o fim, o suíço Olivier Marceau, o britânico Andrew Johns e o francês Frederic Belaubre.

Juntos, eles ficaram 29 segundos à frente de um segundo pelotão com nove atletas após três voltas, 32 segundos após quatro voltas e 44 segundos após os 40 km de ciclismo.

Os neozelandeses e o suíço se distanciaram na primeira das três voltas da corrida, mantendo um ritmo forte, apesar do sol escaldante.

Parecia que os três fariam um sprint final, mas apenas Carter teve fôlego para abrir vantagem no final.

O suíço ainda quase perdeu a medalha de bronze. Ficou apenas 8 segundos à frente do australiano Greg Bennett, que fez uma prova de recuperação e teve um dos melhores tempos nos 10 km de corrida.

Veja a seguir classificação e tempo dos primeiros colocados e dos atletas latino-americanos:

1. Hamish Carter, NZL - 1:51:07.73, total (18:19, natação, 1:00:44, ciclismo, 32:04, corrida)

2. Bevan Docherty, NZL - 1:51:15.60 (18:13, 1:00:51, 32:11)

3. Sven Riederer, SUI - 1:51:33.26 (18:17, 1:00:45, 32:31)

4. Greg Bennett, AUS - 1:51:41.58 (18:19, 1:01:29, 31:53)

5. Frederic Belaubre, FRA - 1:52:00.53 (18:04, 1:00:58, 32:58)

6. Andreas Raelert, ALE - 1:52:35.62 (18:07, 1:01:40, 32:48)

7. Rasmus Henning, DIN - 1:52:37.32 (18:19, 1:01:29, 32:49)

8. Olivier Marceau, SUI - 1:52:44.36 (18:18, 1:00:46, 33:40)

9. Hunter Kemper, EUA - 1:52:46.33 (18:11, 1:02:43, 31:52)

10. Simon Thompson, AUT - 1:52:47.18 (18:19, 1:02:34, 31:54)

28. Daniel Fontana, ARG - 1:57:14.20 (18:25, 1:05:30, 33:19)

31. Leandro Macedo, BRA - 1:57:39.36 (18:25, 1:05:30, 33:44)

34. Paulo Miyashiro, BRA - 1:58:16.76 (17:57, 1:05:59, 34:20)

36. Gilberto Gonzalez, VEN - 1:59:12.20 (18:24, 1:05:29, 35:19)

38. Eligio Cervantes, MEX - 1:59:27.81 (18:44, 1:05:12, 35:31)

41. Juraci Moreira, BRA - 2:02:35.99 (18:27, 1:09:37, 34:31)


Leia mais


Veja também




22/11/2004
10h36 - WADA tem orçamento acrescido em US$ 1,47 milhão

19/11/2004
20h13 - Brasileiro fica em 25º no Mundial de luge e soma ponto para Turim

18/11/2004
13h22 - Polícia faz diligência em empresa responsável por Turim-2006

12/11/2004
19h31 - COB anuncia indicados ao Melhor Atleta do Ano

10h20 - Jogos de Atenas custaram mais de 9 bilhões de euros à Grécia

05/11/2004
08h59 - Chineses adotam data "da sorte" para abertura dos Jogos de 2008

04/11/2004
14h38 - Presidente de comitê dos Jogos de Turim vai pedir demissão

13h51 - Putin recebe no Kremlin 182 medalhistas russos em Atenas 2004

09h06 - Barcelona ajudará candidatura de Madri às Olimpíadas de 2012

02/11/2004
10h09 - Governo dará a Paris 2,5 bilhões de euros para campanha olímpica

Mais notícias