FOTOS
Veja como foi
a cerimônia
de abertura



09h00 - 17/08/2003
Pan de Santo Domingo revela o sucesso da nova safra de atletas brasileiros

Dos enviados especiais do UOL
Em Santo Domingo (República Dominicana)

Tiago Splitter tem 18 anos, a mesma idade de Gustavo Tsuboi. Diego Hypólito completou 17 em junho. Joanna Marannhão é a mais novinha do grupo, com 16. Juntos, eles conquistaram cinco medalhas nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo e se tornaram exemplo de sucesso da nova safra de esportistas brasileiros.

O bom desempenho no Pan dá aos atletas uma visibilidade maior e a oportunidade de conseguir patrocínio. Mas também coloca nos ombros dos adolescentes a pressão de se manterem na elite.
COB/Divulgação

Tiago Splitter se pendura no
aro da tabela após enterrada

Alguns até já sabem como lidar com esta pressão. Tiago Splitter, pivô da seleção brasileira masculina de basquete medalha de ouro em Santo Domingo, joga há três anos na Europa. Antes do Pan, ele já havia assinado um contrato com o Tau Ceramica, clube da Liga Espanhola, uma das mais fortes do mundo.

Na República Dominicana, Splitter foi um dos comandantes da seleção. Agora, ao lado das estrelas Nenê e Leandrinho, terá a missão de classificar o Brasil para a Olimpíada de Atenas. O torneio pré-olímpico começa no próximo dia 20, em Porto Rico, e define os três representantes da América nos Jogos de 2004.

COB/Divulgação

Diego Hypólito (dir.) exibe suas
duas medalhas ganhas no Pan
Já Diego Hypólito aprendeu a lidar com a pressão em casa, observando o comportamento da irmã Daniele. A revolução na carreira do ginasta aconteceu no final do ano passado, com o segundo lugar no solo no Mundial de Debrecen. No Pan, Hipólito também subiu ao pódio, com duas medalhas de prata: por equipes e no salto sobre o cavalo.

"Não esperava chegar até aqui e conquistar tão bom resultado", surpreende-se o ginasta, que disputou o Pan-Americano ainda se recuperando de uma fratura no pé esquerdo.

COB/Divulgação

Gustavo Tsuboi (3º da esq.) com
a equipe de tênis de mesa do Brasil
Se Splitter e Hypólito já tinham uma certa bagagem antes de disputar o Pan, Gustavo Tsuboi e Joanna Maranhão só haviam conseguido bons resultados em torneios juvenis. "Antes de vir para o Pan eu achava que conquistar um medalha seria muito difícil, mas quando conseguimos a classificação para as semifinais e o bronze, comecei a ver que a final era um sonho possível. Não dá para descrever a emoção de dividir o pódio com o (Hugo) Hoyama e os outros brasileiros", disse Tsuboi, prata no torneio de duplas do tênis de mesa.

Torcedor do São Paulo, o mesa-tenista se espelha no futebol alegre e cheio de dribles do atacante Denilson, atualmente no Betis. "Gosto do jeito que ele joga e procuro aplicar isso ao meu esporte."

COB/Divulgação

Joanna Maranhão beija medalha
ganha nos 200 m medley
Joanna Maranhão também chegou a Santo Domingo sem grandes pretensões. Mas a nadadora vai levar para casa uma medalha de bronze conquistada nos 200 m medley e o índice olímpico para disputar a prova em Atenas.

"No Mundial (de Barcelona) fiquei mais nervosa do que aqui, fiquei comparando como eu estava. Lá, eu achava que todas eram melhores que eu, aqui eu já entrei mais focada, estava muito mais tranqüila. Cresci muito em muito pouco tempo. Nunca me senti tão à vontade quanto agora", disse a atleta, que treina em Recife.

Além de Tiago Splitter, Gustavo Tsuboi, Diego Hypólito e Joanna Maranhão, outros jovens atletas brasileiros também fizeram bonito em Santo Domingo. Laís Souza, com 14 anos, bronze por equipes na ginástica artística, foi a medalhista mais nova da delegação. Marta, 17, a artilheira da seleção brasileira de futebol na conquista do ouro. Na natação, Mariana Brochado, 18, e Thiago Pereira, 17, abocanharam duas medalhas cada um.

É com essa geração, ainda na adolescência, que o país pretende fazer um bom papel nos próximos Jogos Olímpicos e Pan-Americanos. Os primeiros resultados, ao menos, já apareceram.



COMENTE ESTA NOTÍCIA NOS GRUPOS DE DISCUSSÃO UOL
ÍNDICE DE NOTÍCIAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

22/07/2006
18h58 - Dois estádios são confirmados para futebol no Pan

17/05/2006
22h42 - Sede de 2011 e Pan do Rio-2007 são temas de reunião da Odepa

16/03/2006
10h31 - Justiça do Rio paralisa as obras no autódromo

09/03/2006
15h48 - Governo libera R$ 140 milhões para segurança do Pan-2007

26/04/2004
Pan-Americano
21h04 - Odepa oficializa perda de medalhas por doping no Pan de 2003

12/01/2004
Tênis
17h22 - Flávio Saretta embarca nesta terça-feira para a Austrália

28/11/2003
Pan-Americano
21h16 - Rio gasta RS$ 8 milhões com eventos Pré-Jogos

26/10/2003
Judô
20h13 - Com dez ouros, Brasil é campeão sênior no Equador