UOL Esporte - Pan 2007
UOL BUSCA

07/01/2007 - 13h00

Nilceu e Clemilda conquistam o tri da Copa América de ciclismo

Da Redação*
Em São Paulo

O paranaense Nilceu dos Santos e a goiana Clemilda Fernandes conquistaram o tricampeonato da Copa América de ciclismo, competição que abriu na manhã deste domingo o calendário nacional do esporte em 2007.

A lista dos atletas pré-convocados para o Pan sairá no início de maio, assim que terminar a Volta do Estado de São Paulo. Por enquanto, o único garantido é o paranaense Luciano Pagliarini, profissional da equipe espanhola Saunier Duval, que terminou neste domingo em 38º lugar.

"Estou no início de temporada e tenho de melhorar muito ainda fisicamente", comentou o atleta de 28 anos, que viaja na próxima semana para a Espanha e estréia na Volta do Qatar no dia 28 de janeiro. "Tenho feito muito pelo Brasil no exterior e é um sonho poder disputar um Pan no meu país."

Para ser liberado para o Pan, Luciano, que mora em Treviso, na Itália, e em Londrina, no Brasil, conseguiu ser convocado no grupo que disputará o Giro da Itália. "Meu clube tem 26 atletas e faz rodízio nos principais torneios da Europa. Sendo confirmado no Giro da Itália, fico fora do grupo do Tour de França e assim posso competir no Rio."
SELEÇÃO BRASILEIRA
Nilceu, da equipe Scott/Marcondes César, de São José dos Campos, e Clemilda, da equipe Fernandes, de Goiânia, confirmaram o favoritismo e fizeram uma grande festa no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Dois fortes candidatos a integrar a equipe brasileira nos Jogos Pan-Americanos do Rio, este ano, os atletas superaram a força dos adversários e as grandes dificuldades impostas pelo circuito de Interlagos, com 4.292 m de extensão, sob sol forte e temperatura de cerca de 26 graus.

"A prova foi muito brigada, com várias tentativas de fuga e muito trabalho para o pelotão. Sorte que a minha equipe conseguiu uma excelente atuação e me deixou em condições de partir para a vitória", lembrou Nilceu, de 29 anos, um dos melhores sprintistas do país. "A vitória serviu de recompensa para o trabalho de toda a equipe e especialmente para o meu. Esta foi a minha terceira vitória seguida e o terceiro ano que não tenho Natal nem Ano Novo. Sorte que tenho a compreensão da minha família."

Natural de Cascavel, ele sonha em defender o Brasil no Pan-Americano. "Sei que tenho chance de estar na equipe e vou fazer de tudo para garantir uma vaga. Quero estar muito bem fisicamente. Vou fazer sacrifícios maiores até para defender meu país no Pan."

O técnico José Carlos Monteiro, o Carlinhos, comemorou bastante a vitória de seu atleta. "O Nilceu tem uma chegada muito forte, talvez a mais forte da América do Sul, mas a equipe o ajudou muito. O Daniel Rogelin e o André Grizante o puxaram o máximo no final. Depois ele fez o que se esperava dele."

Acidente
Clemilda Fernandes tem a mesma expectativa de Plagliarini. Profissional na Itália, ela também tem bons resultados internacionais e nacionais. A vitória deste domingo, porém, praticamente caiu em seu colo.

Quando faltavam duas voltas para o final, Janildes Fernandes, irmã mais velha de Clemilda, foi escolhida como a que estava em melhores condições físicas e a que seria beneficiada pelo trabalho da equipe. Na última volta, Janildes, medalha de prata em Santo Domingo e de bronze em Winnipeg, acabou se envolvendo num acidente com Elione Zimmermann e ficou fora da disputa. Com isso, Clemilda assumiu o posto e acabou levando o primeiro lugar.

"Tivemos de mudar rapidamente a estratégia e tudo deu certo. Fiquei muito feliz com o tricampeonato", disse a atleta de 27 anos, eleita a melhor ciclista de estrada pelo Comitê Olímpico Brasileiro em 2006. "Além do Pan, outro grande objetivo nosso este ano é garantir a participação de três brasileiras na Olimpíada de Pequim, em 2008."

Das 22 atletas que largaram, às 8 horas, 15 conseguiram completar os 21.460 metros do percurso. Clemilda obteve uma média de 33,850 km/h, terminando a distância em 38min02.

No masculino, a prova reuniu 243 atletas do Brasil, Argentina, Chile e Uruguai. Nilceu completou as 16 voltas no circuito, num total de 68,672 km, em 1h39min19, com uma média de 41,487 km/h.

*atualizada às 16h03