Topo

Esporte

Piloto da 'F-1 aérea' morre em treino; espanhol já havia caído duas vezes

Divulgação
Alejandro 'Alex' Maclean tinha 41 anos e realizava treino em seu país natal Imagem: Divulgação

Do UOL Esporte*

Em São Paulo

17/08/2010 12h51

O piloto Alex Maclean morreu nesta terça-feira, em um acidente aéreo. Ele treinava quando seu avião caiu nas imediações do aeroporto de Casarrubios del Monte, no norte da província de Toledo, na Espanha. O local é uma base comum de treinos da Red Bull Air Race, campeonato que é considerado a "Fórmula 1 aérea", mas não era usado para ele.

  • Divulgação

    Alex Maclean, conhecido como The Flying Matador (O Toureiro Voador)) morreu em acidente aéreo na Espanha, durante um treino nesta terça-feira

O espanhol de 41 anos, que sofreu seu terceiro acidente em aviões, estava em um treino de acrobacias, prova que ele já conquistou diversos títulos na Espanha. Além disso, ele também competia pela Red Bull Air Race, competição que dá mais enfoque à velocidade.

Segundo fontes próximas à agência EFE, o serviço de emergências foi informado às 12h30 - horário local - desta terça. No entanto, ainda não foram informados os motivos que ocasionaram o acidente, o que será investigado pela Agência Espanhola de Segurança Aérea.

Em nota oficial publicada no site da competição, foi confirmado que o treino não era para a disputas da Red Bull Air Race, mas para um show aéreo do qual o espanhol faria parte.

“É com grande tristeza que dividimos a perda de Alejandro (Alex) Maclean, que morreu hoje com a idade de 41 anos em um acidente em seu país natal, a Espanha, enquanto fazia um treino acrobático para um show aéreo. Mandamos nossos pêsames à sua esposa Emma e seus dois filhos, de 7 e 12 anos”, diz o comunicado.

“Conhecido pelo temperamento latino, Alex era muito sensível e emocional em seu caráter, combatendo a frustração quando os resultados não vinham. Apesar disso, continuou lutando com sua equipe e tomou a responsabilidade pela campanha desapontante”, acrescenta a nota.

COMOÇÃO NAS REDES SOCIAIS

  • Em sua página no Facebook, Maclean, o único espanhol da 'F-1 Aérea', recebeu dezenas de homenagens de fãs incrédulos com sua morte

O local do acidente é comumente realizado para esta prática de treinos acrobáticos e a queda foi a cerca de 500 metros da pista de pouso do aeroporto.

Maclean foi o 11º colocado na competição nesta temporada, tendo como melhores colocações dois nonos lugares, apenas, na equipe que leva o seu nome.

Ele teve seu melhor resultado na etapa brasileira de 2007, quando conquistou uma segunda colocação.

Este ano, a Red Bull Air Race foi marcada também pelo acidente do brasileiro Adilson Kindlemann, que caiu durante treino na etapa da Austrália da competição, em março. Em sua temporada de estreia, ele caiu na água e não sofreu nenhum ferimento grave.

Mais quedas

Maclean já havia passado por outras experiências de acidentes, mas teve mais sorte em duas oportunidades anteriores. O primeiro foi em 1992, em um pequeno show aéreo, quando a hélice de seu avião saiu. Foram três vértebras fratudadas, além de ambas as pernas.

Em 1999, Alex estava provando um avião que mostrou ter problemas estruturais. O resultado foi que ele despedaçou a aeronaveno chão, mas conseguiu ejetar e se safar sem maiores problemas.

*Atualizada às 15h00

Mais Esporte