Filha de Gabeira, musa das ondas gigantes se empolga com protestos pelo Brasil

Renan Prates

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Red Bull

    Além dos treinos, a surfista faz yoga e diz que gosta de sair para jantar com os amigos

    Além dos treinos, a surfista faz yoga e diz que gosta de sair para jantar com os amigos

Maya Gabeira mostrou que herdou o engajamento político do pai, o ex-deputado federal Fernando Gabeira, ao apoiar as recentes manifestações populares pelo Brasil. Mas a musa das ondas gigantes qualificou o movimento como algo muito maior que o jogo político do qual seu pai faz parte.

"Sou interessada em politica, mas acho que esse movimento que acontece no Brasil é mais do que isso. Meu pai sempre foi ativo e foi político por muitos anos. Continua escrevendo e atuando por um país melhor, mas agora mais como cidadão e jornalista", afirmou Maya ao UOL Esporte.

Apesar do engajamento, a musa rechaçou a ideia de seguir a carreira do seu pai, que foi deputado federal e concorreu à Prefeitura e ao Governo do Rio de Janeiro. "Gosto muito da minha carreira e estilo de vida como atleta".

Desde o início das manifestações pelo país, Maya Gabeira tem mostrado apoio aos protestos pelas redes sociais, mesmo morando nos Estados Unidos há 10 anos. "Meu Rio de Janeiro! Que orgulho! #paz#mudabrasil#prostestosemviolenciaporfavor", escreveu no último dia 20 de junho no Twitter,

Maya é referência mundial entre os especialistas de ondas gigantes. Ganhou por cinco vezes o XXL Global Big Wave Awards, prêmio que é considerado o Oscar da modalidade.

Em 2010, Maya ganhou o Teen Choice Awards, prêmio que aponta as celebridades mais influentes entre o público adolescente norte-americano. Mas ela se sente identificada com o Brasil e valoriza a chance de representar o país no exterior.

"Gosto de poder representar o Brasil como atleta. Meu esporte também é dominado por homens, então sinto que também represento a mulherada em geral".

Além de surfe e política, Maya mostrou no seu Twitter que gosta de acompanhar futebol. Torcedora do Flamengo, ela se mostrou animada com a seleção brasileira durante a Copa das Confederações. "Parabéns Brasil! Que jogo! Neymar Rei. Fred Rei . David Rei... Todos jogaram muito! #orgulho", escreveu após a vitória na final contra a Espanha.  

Maya diz que, por não morar no Brasil, é mais fácil acompanhar a seleção brasileira que o Rubro-Negro. "Acompanho mais a seleção brasileira. Moro fora e não tenho um canal que passe o meu time. Gosto de futebol e sempre frequentamos o clube do Flamengo, as piscinas e quando mais nova também pratiquei ginastica olímpica", afirmou.

Musas do Esporte – Maya Gabeira

  • Maya Gabeira poderia ter sido política ou jornalista, para citar duas carreiras em que o pai Fernando Gabeira se destacou, mas decidiu ir pelo caminho mais difícil e, principalmente, mais perigoso. Esta loira carioca nunca deu muita bola para a política, gostava mesmo era de praia e aos 17 anos quis se tornar surfista de ondas gigantes.

Maya Gabeira
Maya Gabeira

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos