Topo

Esporte

Paraquedistas morrem após colisão durante salto em Boituva

Bruno Thadeu

Do UOL, em São Paulo

30/06/2016 13h58

Os paraquedistas Gustavo Correa Garcez, de 39 anos, e Marcos Guilherme Bastos Padilha, 47 anos, morreram na quarta-feira durante salto realizado em Boituva, interior paulista. Investigação preliminar da polícia indica que um paraquedas se enroscou no outro a 160m do chão, provocando o acidente fatal.

Os dois paraquedistas foram socorridos e levados ao hospital, mas não resistiram aos ferimentos. Gustavo e Marcos tinham experiência em saltos.

O acidente aconteceu no Centro Nacional de Paraquedismo de Boituva. A cidade interiorana é referência no país em salto.

“Será instaurado inquérito para apurar o caso, mas a princípio podemos dizer que houve erro de cálculo entre os paraquedistas, causando essa infelicidade. Mas será feito a perícia para verificar se os materiais usados estavam em conformidade”, destacou ao UOL Esporte o delegado Carlos Antônio, do Distrito Policial de Boituva.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte