! UOL Esporte - Especial
daasdadsasd
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  Foreman ainda pensa em voltar aos ringues

Lello Lopes
Em So Paulo



George Foreman uma lenda do boxe. Campeo olmpico e mundial, tem no carisma uma de suas maiores virtudes. Em visita ao Brasil para o lanamento de sua linha de grills, o pugilista -que nunca anunciou oficialmente a aposentadoria- falou dos planos de voltar ao ringues e do combate histrico com Muhammad Ali, alm da luta contra o brasileiro Maguila no comeo da dcada de 90 e da falta de dolos do boxe de hoje.

Voc pretende mesmo voltar a lutar, estando prestes a completar 55 anos de idade?
George Foreman: Parece conversa fiada, mas gostaria mesmo de voltar aos ringues. Vou fazer 55 anos em janeiro e realmente queria celebrar esta data nos ringues. Mas como no tem ningum da minha idade que ainda luta, ento vou fazer isso com um jovem pugilista.

Mas por que voltar aos ringues? Afinal, voc j ganhou tudo o que poderia ganhar. Foi campeo olmpico, duas vezes campeo mundial, participou de grandes lutas...
Foreman: Eu s quero mostrar para o mundo que 45 ou 55 anos no nenhuma sentena de morte. Quero provar isso a mim mesmo e aos outros. Eu realmente no tenho o sonho de ser campeo de novo. S quero mostrar que d para fazer.

Entre os seus ttulos, qual o que voc considera o mais importante?
Foreman: Em 68 fui medalhista olmpico, em 73 fui campeo dos pesos pesados e em 94 me torneio o boxeador mais velho a ganhar um ttulo mundial. Mas acho que o ttulo mais importante foi mesmo o de 68 (medalha de ouro nos Jogos Olmpicos da Cidade do Mxico), porque eu era jovem. A Olimpada em 68 foi uma experincia maravilhosa. Afinal, estava representando o meu pas.

Qual a sua maior lembrana da luta contra o Muhammad Ali?
Foreman: O que me lembro de estar na lona e ouvir: 'um, dois, trs'... Quando fui levantar j era tarde demais. Eu nunca esqueci daquele instante em momento nenhum da minha vida. Eu perdi a luta em 74 e isso me machucou muito at o momento em que virei pastor, em 77. s vezes eu acordava no meio da noite pensando na contagem. Tentava me levantar da cama e no conseguia.

Nota da Redao: A luta aconteceu em 1974, no Zaire. Ali derrubou Foreman no oitavo assalto e conquistou o ttulo mundial. O combate considerado um dos melhores da histria do boxe

Voc ainda mantm contato com Ali?
Foreman: Atualmente eu e o Mohammad Ali somos grandes amigos. Costumamos conversar bastante por telefone. H dois meses eu liguei para ele propus uma revanche. Ele s me respondeu: 'Voc est louco?' Eu o amo, e ele me ama.

E a luta contra o Maguila. Voc lembra dela?
Foreman: O Maguila foi um dos meus primeiros adversrios depois que voltei a lutar. E ele foi realmente muito perigoso, mas eu consegui vencer.

Falando em boxeadores brasileiros, voc conhece o Acelino "Pop" Freitas?
George Foreman: Infelizmente ainda no o vi lutar, mas sei que ele est fazendo um bom nome nos Estados Unidos. Estamos esperando boas coisas do Brasil.

Qual o maior pugilista que voc j viu nos ringues?
Foreman: Ah, existem muitos. Hoje eu acho que o melhor o Oscar de la Hoya. Do passado, tem o Joe Louis, o Muhammad Ali - claro-, o Joe Frazier e o Sugar Ray Leonard. Poderia passar horas e horas aqui falando nomes. Eu no me incluo entre eles, mas sei que poderia lutar contra qualquer um.

Como voc v o boxe de hoje?
Foreman: O boxe est procurando uma celebridade. Atualmente no tem ningum em vista, mas vai aparecer algum. Talvez at o Maguila possa voltar a lutar. Usando o grill para entrar em forma, claro (risos).

O Mike Tyson no seria essa "celebridade"?
Foreman: Acho que o Tyson ainda um atleta maravilhoso. E se ele se comprometer de verdade, ainda poder ser campeo mundial. Houve uma poca que eu queria luta com ele e ele no quis lutar comigo. Agora que ele apanhou tanto, no quero mais.

Publicada no dia 12 de novembro de 2003

 


Luiz Carlos Murauskas/FI


Me lembro de estar na lona e ouvir: um, dois, trs...
George Foreman

FICHA

Nome: George Foreman
Nascimento: 22/01/1949
Local: Marshall, Texas (EUA)
Cartel: 75 vitrias e cinco derrotas

Perfil
Foreman comeou a se destacar no pugilismo ao conquistar a medalha de ouro nos Jogos Olmpicos da Cidade do Mxico-68. Depois de se tornar profissional, ele conquistou o seu primeiro ttulo mundial nos peso-pesados em 1973, ao derrotar o campeo Joe Frazier na Jamaica. Em 1974, perdeu o cinturo para Muhammad Ali, no que considerado "o combate do sculo". A derrota fez com que, em 1977, Foreman desistisse do boxe para virar pastor em uma igreja evanglica. Precisando arrecadar fundos para a sua igreja, Foreman decidiu voltar aos ringues em 1987. Trs anos depois, derrotou Adilson Rodrigues Maguila no segundo assalto, deixando o brasileiro inconsciente na lona. Em 1994, aos 45 anos, venceu Michael Moore e se tornou o mais velho pugilista a conquistar o cinturo dos pesados. Depois da derrota para Shannon Brings, em 1997, nunca mais voltou aos ringues -apesar de no ter anunciado oficialmente a aposentadoria.