Esporte

Medina e Mineirinho são eliminados na etapa do Rio do Mundial de Surfe

Do UOL, em São Paulo

19/05/2016 09h41

A etapa do Rio de Janeiro do Mundial de Surfe chegou a sua reta final nesta quinta-feira (19). Após a organização anunciar que a etapa precisaria acabar ainda hoje, os atletas começaram a cair no mar para definir quem disputará as últimas baterias. Gabriel Medina e Adriano de Souza, o Mineirinho, chegaram até a semifinal, mas acabaram eliminados por Jack Freestone e John John Florence, respectivamente, e acabaram com o sonho de garantir a primeira conquista brasileira em uma etapa na atual edição do Mundial de Surfe.

Até o momento, o australiano Matt Wilkinson já venceu duas etapas (Gold Coast e Bells Beach, ambas na Austrália) e o havaiano Sebastian Zietz soma uma vitória (Margaret River, na Austrália). Justamente por ter conquistado duas etapas, Wilkinson lidera o Mundial com 24,500 pontos, seguido pelo brasileiro Italo Ferreira, com 18,750, e o havaiano John John Florence, com 18,000. 

Entre os brasileiros, Caio Ibelli ocupa a quinta posição, com 17,200 pontos, Adriano de Souza está na sexta colocação, com 15,200 pontos. Medina ocupa a nona colocação com 14,000 pontos. Filipe Toledo, que defendia seu título na etapa do Rio, mas acabou eliminado por Davey Cathels, é o 14º com 11,500. Wigolly Dantas e Miguel Pupo, com os mesmos 9,200 pontos, dividem a 21ª posição. 

A próxima etapa do Mundial de Surfe será disputada em Fiji, entre os dias 05 e 17 de junho. O vencedor da última edição foi o australiano Owen Wright. 

Final – John John Florence X Jack Freestone

Reprodução/Twitter
Jack Freestone e John John Florence fizeram a final da etapa do Rio do Mundial de Surfe Imagem: Reprodução/Twitter

O havaiano John John Florence teve mais um desempenho avassalador diante de Jack Freemont e sagrou-se o vencedor da etapa do Rio no Mundial de Surfe.

Após uma primeira onda ruim, Florence foi crescendo de produção até emplacar duas ondas com pontuação acima de 9 pontos. Freestone bem que tentou, mas com sua nota mais alta sendo um 7.80 obtido na onda três, não foi páreo para o adversário.

Após 30 minutos, Florence totalizou 18.97 pontos, contra 13.83 de Freestone, e assegurou o título da etapa do Rio.

Semifinal – bateria 2: Jack Freestone X Gabriel Medina

A semifinal entre Gabriel Medina e Jack Freestone foi disputada do início ao fim. Jack Freestone começou bem e emplacou 6.17 pontos em sua primeira onda. Contudo, o australiano emplacou notas altas nas ondas cinco e seis, totalizando 16.50 pontos.

Já Medina teve começo abaixo da média, mas ressurgiu com força após a terceira onda, onde conseguiu 9.07 pontos. Contudo, só voltou a ter pontuação alta na sexta onda, quando conquistou 5.60 pontos. Todavia, totalizou apenas 14.67 pontos, menos do que o necessário para superar o rival.

Com isso, a final da etapa do Rio do Mundial de Surfe será disputada entre John John Florence e Jack Freestone. Após a eliminação, Medina conversou com a imprensa e ressaltou estar feliz por seu desempenho, apesar da eliminação.

“Obrigado a todos que não puderam vir pra praia, estou super feliz por ter ficado como terceiro colocado. Agora vamos para Fiji. Sinto que estou de volta, o último ano foi muito bom para mim, cheguei ao Havaí brigando pelo título. Em Fiji tem boas ondas, eu amo aquele lugar, eu sigo feliz”, avaliou Medina, que projetou John John Florence como vencedor da etapa do Rio.

“John (deverá vencer). Eu gostaria de estar na final contra ele, seria demais. Ele está indo bem, tirando boas notas, acredito que ele vai vencer.”

Semifinal – bateria 1: John John Florence X Adriano de Souza “Mineirinho”

John John Florence e Adriano de Souza tiveram uma disputa apertada nas ondas do mar do Rio de Janeiro. O havaiano já começou a série conquistando 7.17 em sua primeira onda. Mineirinho não teve o mesmo sucesso e emplacou apenas 4.17 pontos em sua primeira tentativa.

A tônica foi a mesma durante toda a bateria, com Florence alcançando as melhores pontuações e Adriano de Souza indo em busca do resultado. Contudo, o havaiano manteve a vantagem até o final e venceu o brasileiro por 18.73 a 12.66.

Agora, Florence espera o vencedor da disputa entre Jack Freestone e Gabriel Medina. Após a eliminação, Mineirinho comentou seu desempenho na etapa do Rio.

“Queria agradecer o suporte de todos, deixei minha alma, toda minha dedicação no mar, mas não foi o suficiente. Acredito que esse campeonato foi muito importante para minha retomada. Eu trabalhei muito para estar na final, mas não foi o suficiente. Ele é imbatível. Eu estou feliz com o que fiz desde o começo até o final do evento. Acho que meu técnico é um dos caras que me puxa tão para cima para voltar e dar meu melhor. Preciso dar os créditos para ele, minha equipe, minha esposa, meus amigos que vem aqui me apoiar. Eu agradeço por todo o apoio. Agradeço aos fãs, que estavam torcendo por mim. Estou feliz, queria muito estar na final, mas aplaudo o John. Espero que ele faça um bom trabalho, mas espero que o Gabriel vença a competição, pois ele é do meu time", explicou Mineirinho.

Quartas de final - bateria 4: Adam Melling X Gabriel Medina

Gabriel Medina enfrentou o australiano Adam Melling, que havia garantido vaga contra o brasileiro ao superar o taitiano Michel Bourez na primeira bateria desta manhã. Com bom desempenho desde o início, Medina emplacou duas ondas com pontuação acima de 7 pontos, mantendo boa vantagem sobre o australiano, que recebeu 3.30 pontos por sua onda mais bem avaliada.

Ao final da bateria, Medina somou 15.77 pontos contra apenas 6.00 do rival. Agora, o brasileiro irá enfrentar Jack Freestone, algoz de Miguel Pupo na bateria três das quartas de final. 

Quartas de final: bateria 3 - Miguel Pupo X Jack Freestone

Miguel Pupo enfrentou o australiano Jack Freestone. No entanto, o brasileiro não conseguiu repetir o bom desempenho de Adriano de Souza e foi dominado durante toda a bateria pelo rival. O brasileiro até esboçou uma reação na reta final, quando emplacou ondas de pontuação 6.43 e 5.17, mas não foi suficiente para superar os 6.00 e 6.50 obtidos por Freestone em suas melhores ondas.

Com isso, o brasileiro foi derrotado por 12.50 a 11.60. Agora, Freestone enfrenta Gabriel Medina.

"Eu perdi os primeiros eventos e fiquei meio frustrado, mas estava confiante porque treinei muito pra essa etapa. Mas o Mundial não é um sprint, é uma longa maratona. Preciso manter minha cabeça no lugar e focar em Fiji. 

Quartas de final - bateria 2: Adriano de Souza “Mineirinho” X Davey Cathels

Adriano de Souza enfrentou o australiano Davey Cathels. O atual campeão mundial teve dificuldade no começo, mas conseguiu emplacar uma sequência de boas manobras para vencer o rival. Com duas ondas avaliadas em 6.50 e 6.47 Mineirinho terminou a bateria com 12.97 pontos, enquanto Cathels somou apenas 10.00 pontos.

Com isso, ficou definida a semifinal 1 entre Adriano de Souza e John John Florence.

“Eu estou feliz em manter o momento, tenho muito respeito pelo Davey. Ele é um monstro, os outros caras também são. Estou feliz em avançar para semifinal, acho que vou enfrentar o John, mal posso esperar pela batalha, só espero que a torcida esteja do meu lado, é uma vantagem que posso ter sobre ele. Eu vou me concentrar, conversar e ver a estratégia com minha equipe e vou ver o que consigo fazer”, avaliou Mineirinho após a vaga.

Quartas de final - bateria 1: Dusty Payne X John John Florence

Nas quartas de final, a primeira bateria foi disputada entre Dusty Payne e John John Florence. Florence teve início arrasador e já conquistou 7.17 pontos em sua primeira onda. Payne mostrou que iria dificultar as ações do rival e marcou 5.50 também na primeira onda. Contudo, Payne não conseguiu repetir a boa nota e acabou caindo de produção, tendo como pontuação mais alta os três pontos obtidos na segunda onda. Florence não tomou conhecimento do compatriota, somou 8 pontos na sexta onda e venceu a bateria por 15.17 a 8.50.

Com isso, o havaiano ficou aguardando o vencedor do duelo entre Adriano de Souza “Mineirinho” e Davey Cathels, em que o brasileiro levou a melhor. 

Início das atividades – Repescagem

A primeira bateria do dia foi a repescagem para definir quem seria o adversário de Gabriel Medina nas quartas de final. O australiano Adam Melling derrotou o taitiano Michel Bourez (10.80 a 10.00) e garantiu vaga na bateria 4 das quartas de final para enfrentar o brasileiro.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo