Esporte

Com tubo e aéreo, Medina bate líder e vence a primeira no Mundial de surfe

Do UOL, em São Paulo

16/06/2016 21h19

Demorou cinco etapas, mas Gabriel Medina conseguiu sua primeira vitória na edição 2016 do Mundial de surfe. Nesta quinta-feira (16), em Fiji, o brasileiro superou o australiano Matt Wilkinson, líder do ranking, por 15,60 a 6,34, e entrou de vez na briga pelo título.

“Sinto-me incrível. Foi uma semana maluca. Estou muito feliz”, afirmou Medina. “Estou muito cansado, guardei energia para a final, porque sabia que ia ser difícil. Não sei quem pode parar esse cara (Matt Wilkinson), terceira final no ano.”

A chegada até a final não foi fácil para Medina. Na trajetória em Fiji, o brasileiro venceu o atual campeão e compatriota Adriano de Souza, o Mineirinho, e a lenda Kelly Slater, 11 vezes campeão mundial.

O desafio na final também prometia não ser fácil. Wilkinson é, até o momento, o único surfista a vencer duas etapas na atual edição: ele faturou as duas primeiras, em Gold Coast e Bells Beach, na Austrália.

E o que se viu no confronto decisivo foi muita dificuldade dos surfistas em encontrarem boas ondas. Nos 20 primeiros minutos, Medina e Wilkinson pouco fizeram, com o mar muito mexido e ondas pouco alinhadas.

Quando o relógio marcava 18 minutos para o final, Medina conseguiu o primeiro grande tubo, com direito a um aéreo, assumindo a liderança na disputa. A manobra o rendeu a nota de 7,33.

Mas o sentimento da vitória veio pouco tempo depois, a 12 minutos para o fim. Em um novo tubo, o brasileiro conseguiu nota 8,27 e já saiu da onda comemorando. Precisando de notas altas em duas ondas, Wilkinson pouco conseguiu fazer e terminou com sua melhor pontuação sendo apenas 4,17. 

A próxima etapa do Mundial de surfe acontecerá em Jeffreys Bay, na África do Sul, de 6 a 17 de julho.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo