Esporte

Águas-vivas atrapalham abertura do Mundial de Surfe. Atleta tem queimaduras

Do UOL, em São Paulo

15/03/2017 12h56

O Circuito Mundial de Surfe começou nesta quarta-feira na Austrália com as mulheres sendo as primeiras a irem ao mar em Gold Coast. O primeiro dia de disputa, porém foi curto em virtude das ondas pequenas e do grande número de águas vivas.

A australiana Laura Enever foi vítima dos animais e foi obrigado a deixar a água com queimaduras, uma delas na região do pescoço. Foi o necessário para a organização suspender a disputa.

As águas-vivas se aproximaram ao longo das disputas. Na abertura da competição, elas não estavam na região e por isso o início foi autorizado.

No total, foram disputadas seis baterias da primeira rodada e a única brasileira na disputa, Silvana Lima, caiou para a repescagem.

Enever também terá de disputar a repescagem, pois quando saiu da água tinha somado apenas 2,43 pontos.

A sexta bateria da primeira rodada acontecerá apenas nesta quinta.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo