Esporte

Medina cai na 1ª fase e depende de repescagem para sonhar com o bi no Havaí

WSL / Reprodução
Imagem: WSL / Reprodução

Do UOL, em São Paulo

11/12/2017 18h32

Ainda sonhando com o título do Mundial de Surfe, Gabriel Medina terá de disputar a repescagem do Pipe Masters. Nesta segunda-feira (11), nas lendárias ondas do Pipeline, no Havaí, o brasileiro foi derrotado por Miguel Pupo na quinta bateria.

Existia a chance de Medina voltar para o mar ainda nesta segunda, mas as condições do mar adiaram a nova chamada para a sequência do torneio às 15h30 (de Brasília) desta terça-feira

Pupo também é brasileiro e foi muito bem na segunda onda, que recebeu a maior nota de Pipeline até a quinta bateria: 9.93 de média, o que significa que ganhou 10 de três dos cinco juízes. Medina também foi derrotado pelo havaiano Benji Brand. Em casa, o norte-americano John Jonh Florence foi o melhor da sexta bateria e vai direto para a terceira rodada.

Uma recuperação impressionante fez com que Medina chegasse à última etapa do Mundial de Surfe com chances de ser campeão, mas ele não depende apenas de si mesmo para conquistar o bicampeonato.

Três possíveis cenários dariam o título ao brasileiro: 1) se vencer a etapa e John John terminar, no máximo, em terceiro; 2) se ficar em segundo lugar e John John ficar abaixo do nono lugar; 3) se ficar na quinta posição com John John em 13º.

Veja as pontuações de cada bateria (o melhor avança automaticamente; os outros dois vão para a repescagem):

Bateria 1

Jeremy Flores (França) - 10.17
Jadson Andre (Brasil) - 6.33
Matt Wilkinson (Austrália) - 4.67

Bateria 2

Josh Kerr (Austrália) - 12.17
Kanoa Igarashi (EUA) - 6.10
Owen Wright (Austrália) - 3.37

Bateria 3

Conner Coffin (EUA) - 10.56
Julian Wilson (Austrália) - 8.00
Stuart Kennedy (Austrália) - 1.50

Bateria 4

Jordy Smith (África do Sul) - 16.57
Bede Durbidge (Austrália) - 11.43
Ethan Ewing (Austrália) - 3.00

Bateria 5

Miguel Pupo (Brasil) - 14.83
Benji Brand (Havaí) - 12.64
Gabriel Medina (Brasil) - 12.43

Bateria 6

John John (Havaí) - 13.50
Dusty  Payne (Havaí) - 6.83
Wiggolly Dantas (Brasil) - 5.63

Bateria 7

Caio Ibelli (Brasil) - 12.83
Adriano de Souza (Brasil) - 11.27
Jack Freestone (Austrália) - 7.04

Bateria 8

Kelly Slater (EUA) - 12.47
Joah  Duru (França) - 11.90
Kolohe Andino (EUA) - 7.60

Bateria 9

Ezekiel Lau (Havaí) - 10.50
Filipe Toledo (Brasil) - 2.00
Michel Bourez (Polinésia Francesa) - 2.00

Bateria 10

Sebastian Zietz (Havaí) -
Adrian Buchan (Austrália) -
Ian Gouveia (Brasil) -

Bateria 11

Joel Parkinson (Austrália) -
Connor O'Leary (Austrália) -
Leonardo Fioravanti (Itália) -

Bateria 12

Mick Fanning (Austrália) -
Frederico Morais (Portugal) -
Italo Ferreira (Brasil) -

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo