Topo

Esporte

Ítalo Ferreira aposenta tricampeão mundial e fatura título em Bells Beach

WSL / Ed Sloane
O brasileiro Ítalo Ferreira em ação na etapa de Bells Beach, na Austrália Imagem: WSL / Ed Sloane

Do UOL, em São Paulo

04/04/2018 22h56

O primeiro título de Ítalo Ferreira na elite mundial não poderia vir de maneira mais especial. Nesta quarta-feira (4), o potiguar venceu na final Mick Fanning, na última competição de sua carreira, e faturou a etapa de Bells  Beach, a segunda desta temporada, na Austrália. 

Três vezes campeão mundial, Fanning, de 36 anos, havia anunciado antes de o campeonato começar que disputaria as duas primeiras etapas de 2018 para depois se aposentar. Um resultado e tanto para Ferreira, de 23, que assumiu a liderança do ranking do Championship Tour (CT), com 11.665 pontos, empatado com o australiano Julian Wilson.

Após um dia de paralisação pela falta de ondas, a etapa de Bells Beach foi reiniciada nesta quarta com a disputa das quartas de final. Na campanha rumo à decisão do título, Fanning eliminou o australiano Owen Wright (13,77 x 93) e, na semi, o norte-americano Patrick Gudauskas (16,50 x 9,67).

Ferreira deixou para trás o havaiano Ezekiel Lau (17,86 x 11,50) e o compatriota Gabriel Medina, contra quem cravou a sua melhor nota no torneio, um 9,17 que desconcertou o adversário (15,50 x 14,10).

Na bateria final, Ítalo tomou a iniciativa logo na abertura da bateria final e arrancou nota 5,44 após duas ondas fracas. Fanning também não conseguiu boa sequência, somando 3,83. O mar em Bells Beach, então, entrou em calmaria. Quando a série de ondas voltou a ser favorável, a 17 minutos do fim, ambos fizeram tentativas, mas o australiano encaixou manobras mais precisas e virou o jogo: 11,43 a 11,00.

O brasileiro reagiu e voltou à liderança após duas ondas bem-sucedidas. Quando saiu a última nota do rival (8,33), Fanning precisava de um 7,57 faltando menos de três minutos para o encerramento. Não deu tempo, e o potiguar fechou a bateria com vitória por 15,66 a 12,83.

Também foi dia de decisão no torneio feminino em Bells Beach, com a vitória da australiana Stephanie  Gilmore, seis vezes campeã mundial, que superou na final a havaiana Tatiana Weston-Webb, em bateria decidida na última nota (14,17 x 13,94).

Única brasileira no circuito mundial, Silvana Lima parou na semifinal ao ser derrotada por Weston-Webb.

Mais Esporte