Esporte

Etapa de Margaret River é cancelada pela WSL após ataques de tubarões

Kelly Cestari/WSL
Imagem: Kelly Cestari/WSL

Do UOL, em São Paulo

17/04/2018 21h56

A atual temporada da World Surf League (WSL) não terá etapa em Margaret River, na Austrália. Após dois ataques de tubarão serem registrados nas proximidades Gracetow, onde a competição seria realizada, a entidade resolveu cancelar o evento devido à falta de segurança. O anúncio foi feito nesta terça-feira (17).

“A WSL tem como maior prioridade a segurança. Isso não pode ser apenas conversa, e não pode ser comprometido”, escreve a CEO da WSL, Sophie Goldschmidt. “Houve incidentes no passado — e é possível que haja outros no futuro — que não resultarão em cancelamento de um evento. Mas as atuais circunstâncias são raras e perturbadoras, e decidimos que o elevado risco em Margaret River ultrapassou o limite do aceitável.”

A etapa já tinha sido adiada pelos mesmos motivos na última segunda-feira (16), com aviso da WSL para que os atletas não treinassem na água enquanto a competição estivesse interrompida. O torneio masculino foi disputado até a terceira rodada, com oito brasileiros na disputa, enquanto a chave feminina parou nas quartas de final - a cearense Silvana Lima já estava eliminada. O circuito agora vai para o Rio de Janeiro, onde a etapa de Saquarema começa em 11 de maio.

A organização ainda deixa aberta a questão das pontuações. “Nossa estrutura competitiva permite a distribuição de pontos em caso de cancelamento, mas ainda não desistimos da ideia de completar os torneios ainda neste ano, de alguma forma”, afirma a CEO  Sophie  Goldschmidt.

De acordo com o site australiano ABC, neste início de semana dois surfistas foram atacados por tubarões a 15 quilômetros de Margaret River. Um deles sofreu ferimentos na perna; enquanto o outro teve a prancha danificada por uma mordida.

Gabriel Medina, campeão mundial de surfe em 2014, chegou a alertar na segunda-feira sobre a situação de risco nas redes sociais. Já o havaiano John John Florence, atual bicampeão da divisão de elite, postou vídeo de um “flagra” feito por um drone sobre o mar australiano, que filmou a presença de dois tubarões próximos a surfistas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo