Topo

Esporte

Gabriel Medina cai em semifinal, mas vira líder do Mundial de Surfe

WSL / KELLY CESTARI
Imagem: WSL / KELLY CESTARI

Do UOL, em São Paulo (SP)

12/10/2018 10h55

O Mundial de Surfe tem um novo líder. Na manhã desta sexta-feira, Gabriel Medina alcançou a semi da etapa da França e obteve a camiseta amarela a duas provas do fim da temporada. O brasileiro bateu o havaiano Sebastian Zietz em duelo equilibrado pelas quartas de final (12.44 x 10.73) e superou no ranking o compatriota Filipe Toledo, eliminado no terceiro round no balneário de Hossegor.

Com o terceiro lugar garantido na antepenúltima etapa do circuito, Medina, que caiu na semi para o australiano Julian Wilson (16.67 x 15.54), chegou aos 51.770 pontos acumulados na WSL (World Surf League) contra os 51.450 de Filipinho.

A disputa direta entre brasileiros pelo título se tornou favorável a Medina desde o início da etapa na França. O até então líder Filipe Toledo caiu de maneira precoce para o australiano Ryan Callinan, que seguiu surpreendendo e obteve um lugar na decisão.

Agora Wilson aparece como novo postulante direto ao título. Terceiro colocado no ranking, o australiano se aproximou de Medina e Filipinho antes da etapa de Portugal, agendada entre os dias 16 e 27 de outubro.

Na final, Wilson superou o surpreendente Callinan por 15.34 a 14.23 e chegou aos 47.125 pontos na temporada, quase 14 mil a mais em relação ao brasileiro Ítalo Ferreira, quarto colocado no campeonato.

Mais Esporte