Topo

Esporte


Australiano evita título antecipado de Medina; Filipinho perde e dá adeus

WSL / ED SLOANE
Julian Wilson faz manobra durante etapa do Circuito Mundial de Surfe (WCT) Imagem: WSL / ED SLOANE

Do UOL, em São Paulo

2018-12-16T23:01:16

16/12/2018 23h01

Gabriel Medina sonhou em ser campeão mundial neste domingo (16), mas terá que esperar pelo menos até esta segunda-feira (17). Depois de vencer sua bateria no round 3 em Pipeline (Havaí), o brasileiro ficou na torcida contra os demais concorrentes ao título, mas viu o australiano Julian Wilson também avançar e impedir o título antecipado do surfista de Maresias no Circuito Mundial de Surfe (WCT). Já na última bateria do round 3, Filipe Toledo caiu para o onze vezes campeão mundial Kelly Slater e está fora da disputa.

Medina levou a melhor contra o havaiano Seth Moniz no round 3. Logo na sequência, Julian foi para o mar contra o brasileiro Miguel Pupo em uma bateria que começou devagar. Porém, com menos de 15 minutos restantes, o australiano pegou a primeira boa onda do duelo e recebeu 6,00. O brasileiro reagiu e conseguiu 5,83, mas não virou a disputa, e a vitória na somatória ficou mesmo com Julian: 8,43 pontos contra 7,00 de Miguel.

Mais tarde, foi a vez de Filipinho entrar no mar, mas ele foi derrotado por Kelly Slater: 15,60 (8,67 e 6,93) pontos do americano contra 6,77 (3,67 e 3,10) do brasileiro. O resultado eliminou Toledo da briga pelo título.

Com Medina e Julian na disputa, o surfista de Maresias controla o próprio destino e será campeão se chegar à final, independentemente do resultado do australiano.

Mais Esporte