De marca de Wawrinka a sobrevida de Hewitt: o dia no Aberto da Austrália

Do UOL, em São Paulo

  • Paul Crock/AFP Photo

    Hewitt (vermelho) e Groth (branco) sobrevivem na chave de duplas no Aberto da Austrália

    Hewitt (vermelho) e Groth (branco) sobrevivem na chave de duplas no Aberto da Austrália

O sábado foi um dia de comemoração para Stan Wawrinka. Em seu jogo pela terceira rodada do Aberto da Austrália 2016, o suíço derrotou o tcheco Lukas Rosol e conquistou sua 400ª vitória na carreira.

Com 633 jogos como profissional, Wawrinka contabiliza 400 vitórias e 233 derrotas. O rival mais próximo do suíço na lista é o espanhol Feliciano López, que contabiliza 398 vitórias, mas que já foi eliminado na Austrália.

Já na chave masculina de duplas, quem teve motivos para comemorar foi Lleyton Hewitt, que já anunciou que deixará o tênis tão logo encerre sua participação no Aberto da Austrália. Ao lado do compatriota Sam Groth, o australiano derrotou Henri Kontinen (Finlândia) e John Peers (Austrália) de virada: 2/6, 6/4 e 6/4.

Em compensação, o sábado também ficou marcado por derrotas em Melbourne. Na chave feminina, a espanhola Garbiñe Muguruza (terceira cabeça de chave) foi surpreendida por Barbora Strycova e também deu adeus ao sonho de se tornar a primeira espanhola a conquistar o primeiro Grand Slam do ano.

A sérvia Ana Ivanovic também decepcionou. Pela terceira rodada, a ex-número um do mundo foi batida pela norte-americana Madison Keys, em jogo que ficou paralisado por mais de uma hora por conta do mal estar do treinador de Ivanovic.

O dia no Aberto da Austrália

Mast Irham/EFE/EPA
Mast Irham/EFE/EPA

Wawrinka, 400

Na sexta-feira, Maria Sharapova alcançou 600 vitórias na carreira, enquanto Roger Federer atingiu 300 vitórias em Grand Slams. Um dia depois, neste sábado, foi o dia de Stan Wawrinka alcançar uma importante marca na carreira: diante do tcheco Lukas Rosol, pela terceira rodada, alcançou a vitória de número 400 da carreira profissional. No duelo, Wawrinka venceu por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/3 e 7/6 (7-3), e avançou às oitavas de final.
Lynn Bo Bo/EFE/EPA
Lynn Bo Bo/EFE/EPA

Bruno Soares avança

O Brasil tem duas duplas em busca do título masculino no Aberto da Austrália. Um dia depois de Marcelo Melo (com Ivan Dodig) se classificar para a terceira fase, foi a vez de Bruno Soares (com Jamie Murray) chegar às oitavas de final. Neste sábado, a parceria Soares/Murray passou pelos poloneses Mariusz Fyrstenberg e Jerzy Janowicz por 2 sets a 0, com 7/5 e 6/3 nas parciais. Pelo chaveamento, Marcelo Melo e Bruno Soares só podem se encontrar na final.

Hewitt adia o adeus definitivo

Lleyton Hewitt já avisou: abandona o tênis assim que terminar sua participação no Aberto da Austrália. Na chave de simples, o adeus veio na segunda rodada. Entretanto, na chave masculina de duplas, o australiano segue vivo. Atuando ao lado do compatriota Sam Groth, o ex-número 1 do mundo derrotou Henri Kontinen (Finlândia) e John Peers (Austrália) por 2 sets a 1, com parciais de 2/6, 6/4 e 6/4. A parceria Hewitt/Groth já está na terceira rodada.
Filip Singer/EFE/EPA
Filip Singer/EFE/EPA

O segundo susto de Ivanovic

Ana Ivanovic e Madison Keys se enfrentavam na Rod Laver Arena quando o técnico da sérvia, Nigel Sears, passou mal e precisou ser atendido pelos médicos. A partida ficou paralisada por cerca de uma hora, até que fosse retomada. Segundo informações da imprensa inglesa, Sears - sogro de Andy Murray - está consciente e passa bem. No fim, Madison Keys levou a melhor e despachou a ex-número um do mundo: 4/6, 6/4 e 6/4. Curiosamente, foi o segundo susto do tipo em jogos de Ivanovic em Melbourne - na quarta-feira, uma torcedora sofreu uma queda nas arquibancadas e também forçou a paralisação da partida.
AFP PHOTO / CARL COURT
AFP PHOTO / CARL COURT

Zebra na chave feminina

A zebra galopou na chave de simples entre as mulheres. Atual número 3 do ranking da WTA, a espanhola Garbiñe Muguruza caiu diante da tcheca Barbora Strycova por 2 sets a 0, com fáceis 6/3 e 6/2. ?Meu plano era apenas jogar o melhor tênis que eu pudesse?, contou Strycova, número 48 do mundo. Até então, as duas haviam se enfrentado duas vezes, e Muguruza jamais havia perdido um set para a rival. Na quarta rodada, a tcheca encara a bielorussa Victoria Azarenka.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos